2. nov, 2013

TRANSIÇÃO, PASSAGEM OU MUDANÇA?

Por Israel Sarlo

Quando falamos em DISPENSAÇÕES, falamos na segunda delas - A CAÓTICA. Esta DISPENSAÇÃO pode também ser chamada de A ORGANIZAÇÃO DESORGANIZADA, quando Lúcifer foi lançado a TERRA quando em seu primeiro estágio, como nos diz Ezequiel capítulos 28 e 31 (estes capítulos nos falam do primeiro Éden, o que existiu antes de Adão). Isaías no capítulo 14 fala da queda de Lúcifer quando este foi ao ALTÍSSIMO brigar por este planeta. Segundo o profeta ele foi lançado a terra e esta, segundo o Ezequiel, era bela e se tornou nesta CAÓTICA.

Quando esta DISPENSAÇÃO, do primeiro ÉDEN se tornou CAÓTICA e deste estado para o segundo ÉDEN, onde habitou Adão - este período de TRANSIÇÃO foi dolorido e assim, sucessivamente toda MUDANÇA ou PASSAGEM doe e muito.

Quando o PERÍODO da LEI teve que ser substituída pela GRAÇA, período que levou quatrocentos anos se preparando, quando PROFETAS não mais se pronunciava; o TEMPLO destruído e sendo substituídos por SINAGOGAS, aparece João Batista anunciando aquEle que não era digno de desamarrar as sandalinas de seus pés, a TRANSIÇÃO também não foi nada agradável, aliás custou o SANGUE de nosso MESTRE para se cumprir uma MÁXIMA humana.

Vejamos o que o escritor aos HEBREUS fala sobre isto:
"Quando ele diz NOVA, torna antiquada a PRIMEIRA. Ora, aquilo que se torna antiquado e envelhecido está preste a desaparecer" (Hb. 8:13).

"Quando, porém, veio Cristo como SUMO SACERDOTE dos bens já realizados, mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de rangeu de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no SANTO DOS SANTOS, uma vez por todas, tendo obtido eterna REDENÇÃO" (Hb. 9:11-12).

"Eis aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade. Remove o PRIMEIRO para estabelecer o SEGUNDO" (Hb. 10:9).

Sabe, minha irmã (o) que também em nossas vidas, para atingirmos a MEDIDA DE VARÃO (a) perfeito (a) nos também temos nossas TRANSIÇÕES - PASSAGENS OU MUDANÇAS? Qualquer TRANSIÇÃO, que seja é dolorida. TRANSIÇÃO significa quebrar paradigmas e paradigmas, segundo o EVANGELHO significa romper com algemas, deixar de ser submissos a este ou aqueles credos ou sentimento emocionais que nos submetem famílias, religiões e nossas próprias quedas (pecados) que, segundo Davi, estão sempre diante de nós nos acusando como se o SANGUE daquEle que nos libertou de nada tenha adiantado.

TRANSIÇÃO - PASSAGEM OU MUDANÇA é necessário para que após sua ação dolorida o refrigério venha para tudo e todos que amamos. Por exemplo: O inverno vem depenando as árvores, deixando-as triste. No outono elas começam a se recompor em seus caules para que na PRIMAVERA as folhas e flores embeleze os campos enfeitiçam nossos olhos e enche nossos narizes de perfumes inimitáveis. Nos também temos nossos invernos e outonos, mas não se entristeça, pois é lógica a vinda da PRIMAVERA e tudo mudará.

Tudo na vida tem sua fase de TRANSIÇÃO - PASSAGEM ou MUDANÇAS e acredite, sempre para o melhor. Se não houver estas MUDANÇAS não chegaremos onde necessitaremos chegar, pois nossa vida é feita de degrau em degrau e sempre levando ou ajudando aos outros, pois nossa função é ajudar aos que na jornada se cansa, pois na próxima estação eu ou você poderá ser o que irá se cansar e teremos que sermos ajudados.

Minha vida, sua vida, nossa casa, nossos filhos, nosso trabalho, nossa empresa, nosso bairro, nossa cidade, nosso estado, nosso país e por último, nosso planeta, tudo isto passa por TRANSIÇÃO - PASSAGEM ou MUDANÇAS, portanto estejamos preparados para isto, pois do contrário nunca haverá NOVIDADE DE VIDA e NOVIDADE DE VIDA só se dá quando houver e aceitarmos TRANSIÇÃO - PASSAGEM ou MUDANÇA, pois até mesmo no AMOR entre homem é mulher, se não houver tais MUDANÇAS a mesmice tomará sua vida como parasita e se a parasita tomar conta da árvore, esta morrerá. Na sua vida com filhos, se não houver MUDANÇAS seus filhos buscarão MUDANÇAS fora de seu lar. Se os filhos acham que castrar os pais, não permitindo que eles encontre MUDANÇAS em relacionamentos fora, já que não deu certo o primeiro, estarão matando o amor dos pais para com os filhos, pois se torna escravidão, e sem dúvidas nenhuma, dos próprios filhos para com os pais, pois não haverá naturalidade e sem naturalidade não haverá TRANSIÇÃO - PASSAGEM ou MUDANÇAS. Toda TRANSIÇÃO necessita de UNIÃO, muita COMPREENSÃO e por último muita FORÇA para MUDAR.