9. mar, 2014

SUAS LÁGRIMAS

 por Priscilla Turco

 

"Jesus disse: 'Está feito...encerrado'" (João 19.30). Se Jesus, na cruz, tomou todas as nossas dores, então lá as nossas lágrimas foram enxugadas.

 

 

Por que então ainda há sofrimento, problemas... porque sempre fomos também avisados que teriamos sofrimentos pois este mundo está no maligno; mas que também seríamos e somos capazes de suportar, resistir assim como fez o Mestre Jesus. Por isso Ele é o caminho, a luz, a vida o sal... Por isso precisamos CRER, tomar nossa cruz, O seguir, viver como Ele viveu, ter nossa mente como a dEle. Tudo isso requer mudança de hábito. Exige de nós uma reprogramação na nossa alma (mente, vontade e emoção).

 

 

De princípio, tudo isso era muito louco na minha cabeça, principalmente para compreender essa lógica. Portanto, tive que dar o primeiro passo, alguma coisa precisava ser feita, eu tinha que começar. E digo mais: esse primeiro passo foi o mais difícil, pois começou em mim mesmo. Tive que rever meus valores, meus conceitos, minhas "verdades", meus critérios, minhas exigencias, minha filosofia, minhas invenções... Enfim, precisei rever tudo em mim. Isso gerou muita dor, medo, culpa. Portanto, tudo isso foi necessário para que eu encontrasse o que deveria permanecer e ser melhorado, e o que deveria ser descartado. Tive que me esvaziar do velho para ser preenchida com o novo (novidade de vida). Depois tive que me adaptar. Pois o nascer de novo é isso: voltei as coisas de criança, estou agora aprendendo a andar no caminho que é Cristo Jesus, o autor da minha vida! Dou ainda umas cambaleadas (rsrsrs portanto em comunhão com os irmãos tenho em quem buscar ajuda), mas atenta e perseverante. Porque nEle eu tenho crido e muito tenho aprendido de forma surpreendente.

 

 

Sabe, um dos obstáculos curiosos nessa trajetória foi a questão religiosa. Essa foi uma "pasta" da minha vida em que mais fui cobrada e ainda sou pela sociedade. Pois ainda existe uma importancia de que você parece "dever" se não estiver inserido num grupo doutrinário (religioso). "Não somos nem de Paulo e nem de Apolo". Somos de Cristo Jesus. É natural ter alguns "espelhos" na Bíblia: pode ser por exemplo no Davi adúltero, assassino, ou no Davi "homem segundo o coração de Deus"; pode ser o homicida, carrasco e hipócrita Saulo de Tarso, ou Paulo de Tarso que anulou sua propria vida (como o Mestre assim bem fez) e se tornou o maior evangelista que o mundo conheceu; ou pode ser o pobre homem de Nazaré, filho de José, pois lá o que de bom poderia sair? ou Jesus, filho de Deus, que como homem cumpriu sua missão por obediencia e amor ao Pai e por nós. Assim somos nós, também trabalhados e exercitados nas circunstancias que criamos na nossa própria história. História essa que pode nos fazer colher lagrimas ou prazeres. Então, como certa vez disse meu filho (9 anos): "Mamãe eu sou Cristão...e quando alguém me pergunta de que igreja eu sou eu falo que eu SOU a igreja, tá!"

 

 

Por tudo isso, confirmo que a nossa força vem do Senhor. Só em Jesus é possivel estarmos firmes e inabaláveis. Daí lembro-me: Quem nos separará do amor de Deus?

"Acham que alguém será capaz de levantar uma barreira entre nós e o amor de Cristo por nós? Não há como! Nem problemas, nem tempos difíceis, nem ódio, nem fome, nem desamparo, nem ameaças de poderosos, nem punhaladas nas costas, nem mesmo os piores pecadores listados nas Escrituras. Nada disso nos intimida, porque Jesus nos ama. Estou convencido de que NADA: vivo ou morto, angelical ou demoníaco, atual ou futuro, alto ou baixo, pensável ou impensável; absolutamente nada pode se intrometer entre nós e o amor de Deus, quando vemos o modo com que Jesus, nosso Senhor, nos acolheu." Romanos 8. 34-39 (versão A Mensagem)

 

Que nossas lágrimas sejam doces, que com os choros venham também os sorrisos... O Chorar-Rir podemos chamar de pranto agridoce. É maluquice mesmo. Porém em Cristo Jesus você vivencia que dor e amor se misturam.

 

"Quando está para dar a luz, a mulher passa por momentos difíceis, e não há como fugir disso. Mas, quando o bebê nasce, a ALEGRIA vem com o nascimento. Uma vida nova no mundo apaga a lembrança da dor. A tristeza que vocês sentem agora é como aquela dor (de parto), mas a alegria que virá também é semelhante (ao fruto do novo nascimento). Quando Eu me encontrar com vocês novamente, haverá muita alegria e essa alegria ninguém tirará de vocês. E não haverá mais perguntas." João 16. 21-23 (versão A mensagem)

 

Saiba então que suas lágrimas já foram enxugadas na Cruz. As que ainda rolam precisam ser examinadas por você mesmo, de modo que essas lhe sirvam de exercícios para transformar a dor em prazer. Essa é uma das lições da Escola do Mestre. Esse encontro com Ele é em tempo presente. Só depende de você.

"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo." Apocalípse 3.20

 

Com esperança, compartilho meu testemunho com todos vocês.