13. mar, 2014

GIGANTES OU PIGMEUS?

Sempre, mas sempre mesmo, as pessoas me abordam indagando de onde tiro força para manter meu humor, alegria e também felicidade. Vele saber que há uma diferença grande nestas duas palavras. Alegria é um estado de espírito que vem de Deus, independente do que sou e do que tenho. Já a felicidade é condicionada as minhas vitórias, conquistas que trazem bens para a minha vida. Então os bens conquistados são as únicas razões para nos fazer feliz. Quando a alegria, que vem do Senhor, se une a felicidade (que é meu trabalho, família e etc.), nasce destes dois o que chamamos de humor. Por isto, existem muitas pessoas que tem muitos bens e lhe faltam sempre o humor, pois esta fase de "conquista" cessa com o tempo. Daí as pessoas não tem mais nada para conquistar e ficam sem saber o que fazer, e então começam o que se chama "depressão".

 


Quando então as pessoas perguntam por que eu sou desta maneira, a resposta vem logo e bem esclarecedora:


PRIMEIRO - Tenho Cristo em minha vida, mas Ele me ensina que somente estará comigo quando eu entender a cruz do meu irmão; não significa que devo assumi-la, mas sim ajudá-lo para que a comunhão exista na terra, entre pessoas e então, o que se une aqui na terra, no céu é sacramentado, isto é, Ele estará sempre onde houver dois ou três reunidos em Seu nome e em estado de trabalho em prol deste e daquele outro REINO.


SEGUNDO - Aprendi também que todas as vezes que eu buscar no ALTAR do meu CORAÇÃO a presença do meu SENHOR para usufruir A OFERTA da ALEGRIA e AMOR, vou precisar verificar se tenho algum problema com alguém, se não estão machucados comigo, aí sim, vou a este ALTAR e coloco meus amores, piedades, perdões, felicidades e tantas outras coisas mais e ai vou "para a calera".


TERCEIRO - Aprendi que existe uma oferta que já me foi ofertada, agora é só CRER e ir em sua busca, uns chamam da DAGMAR ou PÉROLA perdida, OVELHA desviada e etc., eu a chamo de VIDA ABUNDANTE. Sem esta VIDA não terei forças e nem disposição em ir atrás de nada. Não haverá disposição, não haverá voluntariedade e quando tudo isto não existir, só nos sobrará agonia, decepção, queixas, transferências de culpas, ódio e logo em seguida os problemas somatizadores em meu CORPO FÍSICO e em meu CORPO PSICOLÓGICO... até criar o tal resultado que se chama SOMATIZAÇÃO.

 

Diga você também e creia!
"EU SOU FELIZ; EU SOU SAUDÁVEL e PRÓSPERO! Porque não estou sozinho tanto lá em cima, pois tenho um ADVOGADO, filho do JUIZ que colocou miríades de ADMINISTRADORES (anjos) para me guardarem, como também na terra, além destes ADMINISTRADORES, tenho pessoas que amo, que conquistei, que não enxergam minha vida como peso, mas como benção e estão sempre comigo e eu com elas e sempre vivendo em NOVIDADE de VIDA e nunca mais na caduquice da LEI."


Claro que já sofri muito e o engraçado de todo o sofrimento é que fiz dele uma grande limonada, pois as minhas experiências não podem exigir das pessoas pena, choro, lamentações, agonias e etc., afinal não podemos penalizar ninguém por tudo que sofremos, pois o sofrimento teria ou terá que ser na vida das pessoas A GRANDE ACADEMIA onde se exercita a ALEGRIA, para termos A FELICIDADE para que no futuro tenhamos HUMOR que sempre atrairá as pessoas para perto da gente a nos indagar como passamos pelas dificuldades e chegamos onde estamos com DIGNIDADE.


Aprendi que na vida entre os HUMANOS, O TRABALHO nos dignifica.
Aprendi que na vida entre os ADMINISTRADORES a VOLUNTARIEDADE os fazem nossos gênios, pois o que pedir lhe será feito.
APRENDI que entre a TRINDADE, o AMOR é acima de qualquer religião, cismas e que ele, O AMOR, apaga toda inigüidade e Deus se torna tão criança de ALEGRIA que nos enxerga somente com pureza. A FORÇA do AMOR derruba qualquer barreira, até a barreira do PECADO.

 

Fica ai nossa contribuição desafiadora. E saibam que LÁBIOS oram, mas quem faz são as MÃOS. Vamos a luta?
Quem fica somente em ORAÇÃO tem natureza de PIGMEUS;
Quem ORA e coloca asas ou rodas (que movem) em sua oração é um GIGANTE.

 

Israel Sarlo