20. set, 2014

ATO DIACONAL

LIBERDADE ESPIRITUAL NOS CULTOS

 

ESTEVÃO, um dos sete diáconos da IGREJA - cheio do Espírito Santo em seu espírito, na hora de sua morte por apedrejamento levanta sua voz, empresta em prol do EVANGELHO e unindo-se ao PROFETA AMÓS lá, em ATOS DOS APÓSTOLOS capítulo 7 e, sem ira, dá seu grito de alerta dizendo ou trazendo com mais veemência AMÓS: "Deus não estava satisfeito, mas os deixou agir conforme desejassem – adorar cada novo deus que aparecia – e viver com as consequências, descritas pelo profeta AMÓS.

 

“Vocês me trouxeram oferendas de animais e grãos durante quarenta anos no deserto, ó Israel? Que nada. Estavam ocupados demais, construindo santuários para os deuses da guerra e as deusas do sexo. Adorando-os de todo o coração e com toda a força. Foi por isso que eu os mandei para o exílio na Babilônia. Durante todo esse tempo, nossos antepassados tiveram um santuário em forma de tenda para o verdadeiro CULTO, feito conforme as especificações que Deus dera a Moisés...a verdade é que vocês continuam teimosos, com o coração insensível com os ouvidos fechado. Vocês deliberadamente ignoram o Espírito Santo, como fizeram seus antepassados. Houve pelo menos um profeta que não tenha recebido o mesmo tratamento? Seus antepassados mataram todos os que ousaram anunciar a vinda do justo. E vocês mantêm a tradição da família - são traidores e assassinos, todos vocês! Receberam alei de Deus, que r foi entregue por anjos - como um presente! -, mas vocês a desprezaram" (At. 7:42-44-51).

 

Bem! O que fizeram com o MESTRE, assim fizeram com ESTEVÃO e com os demais apóstolos e segundo o escritor da Carta aos Hebreus, não estamos também agindo como os algozes do DIÁCONO? "Os que já viram a luz, provaram o sabor dos céus, foram pate da obra do Espírito Santo, experimentaram pessoalmente a absoluta bondade da Palavra de Deus e os poderes que se manifestaram em nós e, ainda assim, com desprezo, viraram as costas para tudo isso e lavaram as mãos - bem, eles não podem começar tudo de novo, como se nada tivesse acontecido. É impossível, porque crucificaram Jesus outra vez. Eles o repudiaram um público" (Hb. 6:4-6).

 

Relembrando a fala do profeta Amós: "Não suporto os encontros religiosos de vocês. Estou cheio dos seus congressos e convenções. Não me interessam seu projetos religiosos, Seus lemas e alvos presunçosos. Estou enojado das suas estratégias para levantar fundos, das suas táticas de relações públicas e criação da própria imagem. Não suporto mais sua barulhenta música de CULTO ao ego. Quando foi a última vez que vocês cantaram para mim? Alguém aí sabe o que eu quero? Eu quero justiça - um mar de justiça. Eu quero integridade - rios de integridade. É isso que eu quero. Isso é tudo que eu quero" (Amós 5:21-24).

 

Fica aí a ESCOLHA para você exercer seu LIVRE-ARBÍTRIO e assim poder ter MUDANÇA em sua vida.

 

Pense nisto!

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida