26. jan, 2015

FACULDADES da POSIÇÃO e da OPOSIÇÃO

PAULO Á TIMÓTEO -  FACULDADES da POSIÇÃO e da OPOSIÇÃO

 

A primeira carta de Paulo à Timóteo foi escrita depois que ele saiu da primeira prisão que sofreu em Roma e de reassumir a sua posição no trabalho missionário. Timóteo estava encarregado de cuidar da igreja de Éfeso, enquanto Paulo se detinha em Macedônia (1ª Tm 1:3). Supõem alguns que a epístola foi escrita em Macedônia o que não parece provável. Deveria ser pelo ano 64 ou 65 dC. Trata das dificuldades eclesiásticas que Timóteo tinha de vencer e para esse fim dá-lhe instrução especial. Por ela se evidencia o interesse que ele mostrava pelo trabalho prático da igreja e o cuidado que Paulo tinha pelo bem-estar pessoal de Timóteo e pelo êxito feliz de seu trabalho.

 

A segunda carta de Paulo à Timóteo foi escrita em Roma, depois de estar preso pela segunda vez, no ano 67 dC, último produto de sua pena inspirada. Fala de si como prisioneiro do Senhor (2ª Tm 1:8, 16; 2:9), acusado de malfeitor (2ª Tm 2:9), esperando ser martirizado dentro em breve (2ª Tm 4:6). Muito de seus amigos o haviam abandonado, (2ª Tm 1:15; 4:10-12). Dos seus antigos companheiros, somente Lucas estava com ele (2ª Tm 4:11), gozando, contudo, de um círculo de novos irmãos, entre os quais, particulariza Êubulo, Pudente, Lino e Cláudia (2ª Tm 4:21). Já havia entrado no primeiro julgamento de que saiu livre (2ª Tm 4:16-17), estando agora novamente para ser julgado. Solitário e ameaçado de novos perigos lembra-se de Timóteo. Em parte, a sua carta tem como objetivo dar-lhe coragem para exercer a obra de evangelista e pedir-lhe que apresasse a sua volta a Roma, levando consigo alguns objetos de que precisava.

 

 

I – PAULO Á TIMÓTEO.

 

Paulo escreve uma carta que podemos chamar de “CARTA-DESABAFO”. Ele estava se sentindo sozinho, desamparado (2ª Tm 4:9 ao 13). Reclama da traição e fala do abandono de seu julgamento (2ª Tm 4:16).

 

Diz Paulo que tudo isto aconteceu por interpretação errada do EVANGELHO ensinado por ele, isto é: os antigos amigos acreditaram nas fábulas, naturalmente de outros “evangelhos” (2ª Tm 4:1 ao 5).

 

Fala de sua morte em holocausto (libação) e, por isto, pede à Timóteo para vir a Roma para vê-lo (2ª Tm 4:6 a 9).

 

 

II – PAULO FALA DE SEU EVANGELHO.

 

No capítulo de 2ª Tm 1 versículo 8, Paulo fala do seu EVANGELHO dizendo que este fala verdadeiramente da ressurreição de Cristo, deixando margem para acreditarmos que outros ensinos rodeavam a igreja implantada por ele. Sobre este EVANGELHO Paulo fala de sua Antiguidade e agora trazida por Cristo e interpretada por ele (1:8 a 12). Se nos detiver no (v.10) veremos: “... manifesta agora... o qual aboliu a morte e trouxe á luz a vida (imortalidade) e a incorrupção, pelo EVANGELHO”.

 

CONCLUSÃO:  Tenho estado preocupado, pois Paulo fala, também a Timóteo na 1ª carta (1ª Tm 5:24) que alguns homens têm seus pecados manifestados antes do juízo e outros após juízo, assim como as suas obras (25). Em 1ª Timóteo 1:20 encontramos uma FACULDADE especializada no ENSINO, onde são formadas pessoas que antes foram rebeldes. Suas vidas são tão difíceis de serem moldadas que Paulo logo exige suas transferências da FACULDADE do EVANGELHO para a FACULDADE da OPOSIÇÃO.

 

São pessoas que não podem ser moldadas pelo CÓDIGO do EVANGELHO. Por não entenderem o MESTRE JESUS que diz: “... aprender de mim que sou manso e humilde de coração...”. Mas optam pelo MESTRE DA OPOSIÇÃO (satanás). É claro, para estas pessoas damos as transferências, quem sabe, sofrendo no CORPO FÍSICO sejam salvas no CORPO ALMÁTICO? (Já que assim escolheram)

 

POSIÇÃO ou OPOSIÇÃO, qual a sua escolha? O que você sabe de oposição? Como pode opor-se sem conhecer a posição que Deus colocou Seu filho para nos salvar?

 

Para que lembrem-se: Na FACULDADE da OPOSIÇÃO existe uma máxima: “o ladrão (MESTRE OPOSICIONISTA) não vem senão a roubar, a matar e a destruir...” tudo que você recebeu de bênção em seu espírito, passar nesta FACULDADE é uma tarefa quase impossível.

 

Na FACULDADE do EVANGELHO tem também sua máxima: “... Eu (o Cristo) vim para que tenham vida e a tenham com abundancia” (João 10:10).

 

Leiam e estudem alguns textos que falam do MINISTÉRIO da RECONCILIAÇÃO:

(1ª João 2:1-2 para comparações usemos os textos abaixo: Romanos 3:24 –25; 2ª Coríntios 5:18 e Romanos 8:33-34).

 

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida