25. set, 2019

FREQUÊNCIA

Sempre fui e sou extremamente curioso e esta curiosidade me torna observador e desejoso de respostas. Sou muito sensível às pessoas, aos olhares, aos gestos, às ações nem sempre visíveis para muitos. Por que isto? É simples: Deus nos fez uma usina maravilhosa conectada a ELE. Assim como as artérias, músculos, nervos e milhares de micros organismos que compõem nosso corpo físico organizados nesta nossa estrutura óssea nos fazendo movimentar mecanicamente, sem falar nos pensamentos e sentimentos que envolvem nossa psique preservados em nossa mente nem 5% ainda explorada.

DEUS? Ele é a força motriz e sua natureza exala amor - tudo nEle desenvolve, pois o amor é responsável por criar e preservar. DEle emana tudo e chega perfeito em todos os lugares com retidão e cuidado.

DEUS trabalha na FREQUÊNCIA do amor e sua perfeição é tão gigante que não interfere em nada criado se houver desejo de ampliação. Ele não se preocupa com a criação pela complexidade da mesma. Não a podemos desmerecer e, ao contrário, Deus sempre soube que tudo criado por Ele e para Ele, de uma forma ou de outra, se restaurará voltando para Ele que o fez, assim nos fala Salomão em Cantares.

Existem FREQUÊNCIAS RUINS? Sim. Todas as ferramentas existentes e não utilizadas adequadamente para trabalhar se tornam em energia ruim, pois quando não trabalhada ou usada com sabedoria, se torna nociva ao seu próprio dono.

Tudo que tem vida é energia da criação. A evolução ou as invenções dos homens também são ferramentas importantes, pois envolvem ESCOLHAS. Aquele que não descobre o amor da criação, sem dúvida, cairá nos desvios escolhidos da evolução, pois somente o amor multiplica com sabedoria e com pluralidade.

Passei por uma semana de dor física e hospitalizado e descobri que nos hospitais, presídios, religiões ou em tudo onde existe carência, pois quem busca em qualquer lugar soluções a não ser em suas próprias ferramentas ligadas a Ele, tem FREQUÊNCIA BAIXA. Eu vi e senti isto no hospital, pois ali fiquei atento a tudo e a todos. Ninguém me ouviu dizer inconformado ou chorando, fui chorar somente hoje, porém agradecido.

Com essa experiência do trauma físico, eu, em todo tempo, estava alerta usando o humor para neutralizar a dor. Mas algo me chamou a atenção, notei que em lugares de dor física, psicológicas, ou lugares onde buscamos fora o que existe em nós, são lugares de FREQUÊNCIAS ativas, fortes, mas sem o SELO DO AMOR. Então, podemos chegar a sofrer, portanto vamos buscar em nosso MANUAL, o EVANGELHO, o caminho certo que é JESUS.

CRISTO é a cabeça da IGREJA e nós somos membros conectados nEle. Temos nEle a vida (João 1). Se houver dois ou três reunidos nEle, Ele ali se faz presente.  Vocês se lembram da FREQUÊNCIA no Getsêmani? O suor do MESTRE se transformou em sangue e fez Pedro, Tiago e João dormirem em plena agonia do MESTRE.

Pensem bem, observem, vigiem e desenvolvam boa frequência.

Bom estudo para vocês! E muita paz para todos nós.

Por Israel Sarlo