17. nov, 2014

A GRANDE INSTITUIÇÃO DIVINA

Iª PARTE:
Foi declarado que os nossos primeiros pais foram criados "macho e fêmea". (Gn.1:27): "Assim Deus criou o homem á sua imagem, á imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou". Descreve-se aqui, nitidamente, como foi criada a mulher. E mais: ao começar a raça humana, no início do Escrito Sagrado, ficam estabelecidas a origem divina e a santidade do casamento: Um homem e uma mulher, uma carne (Gn.2:24): "Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, e serão os dois uma só carne".

 

Textos a serem lidos:
1º- Gn. 1:27.
2º- Gn. 2:24.

 

 

IIª PARTE:
A escritura apresenta o casamento como um FAC-SIMILE* terreno da revelação de Cristo e a IGREJA, (Ef.5:24 a 32) "Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, a fim de apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, sem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar a suas próprios mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Afinal de contas, nunca ninguém odiou a sua própria carne, antes a alimenta e sustenta , como também o Senhor à igreja; pois isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá a sua mulher, e serão os dois uma só carne. Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo a á igreja. Assim vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher respeite a seu marido." Também leremos Ap. 19:7 e logo a seguir Ap.21: 2 e 9: "Regozijemo-nos, e exultemos, e demos glória! Pois são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se aprontou." "Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, ataviada como uma noiva para o seu noivo... Então veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e me disse: Vem mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro."

 

Chama-se a Igreja "noiva" de Cristo. A esposa de Adão foi tirada do lado dele, enquanto ele dormia, (Gn:2:21,22): "Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou, então, uma das suas costelas, e fechou a carne em seu lugar. Então a costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou a mulher, e a trouxe ao homem." Por ser isto um retrato primitivo da Igreja, a noiva de Cristo, produzida pelo "sangue e água" que escorrem do lado do salvador, enquanto Ele "dormia" na cruz, (Jo.19:34 e, em seguida, Iª João5:6 e 8): "Contudo, um dos soldados trespassou-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água". "Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo. Ele não veio só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade... E três são os que dão testemunhos na terra: o Espírito, a água e o sangue; e estes três concordam."

 

Textos a serem lidos:
Ef.5:24 a 32.
Ap.19:7.
Ap.21:2 e 9.
Gn.2:21 e 22.
João 19:34.
Iª João 5:6 e 8.

 

 

III-PARTE:
Em Gn.2:25 lemos: "Nus e não se envergonhavam". É possível que estivessem envoltos na etérea luz de Deus, como Jesus quando foi transfigurado; luz que desvaneceu com a entrada do pecado, e que voltará um dia a envolver os remidos. De todas as criaturas de Deus, ao que sabemos, só o homem usa vestes, distintivo de nossa natureza pecaminosa. O casamento, entre tantos prós, existe um mais importante: o senso familiar que tem o objetivo maior o terno da mulher aquela parte fechada no vazio do homem. Este lugar necessita ser aberto para o retorno da maior parte perdida pelo homem __ a mulher e após este achado do homem, no retorno da mulher, inicie então a obediência a ADONAI, exercendo a instituição chamada CASAMENTO.

 

*(Do Latim fac simile = faz igual. É toda cópia ou reprodução de letra, gravura, desenho, composição tipográfica etc)

 

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida