7. jan, 2017

FAMÍLIA INSTITUIÇÃO DIVINA OU INSTITUIÇÃO PURAMENTE HUMANA?

QUANDO falamos em FAMÍLIA, lembramos-nos imediatamente da BÍBLIA e pensamos neste BLOCO que, de início, parece um GRANDE PAREDÃO DE PEDRA, mas olhando na história vemos sua fragilidade no desabrochar desta SOCIEDADE, da qual hoje somos REFENS.

 

Vejamos, por exemplo, as TRÊS FAMILIAS da tribo de LEVÍ:

COATITAS;

JERSONITAS e

MERARITAS.

SOMENTE os da FAMÍLIA dos COATITAS podiam ser ordenados SUMO-SACERDOTES, como foi o caso de ARÃO, irmão de MOISÉS. É evidente o crime de NEPOTISMO, e quem conhece a história sabe o fim destas FAMILIAS e os horrores que sofre até hoje a nação de ISRAEL, que desde os tempos remotos tem sua SAGA marcada por guerras e sofrimento.

 

Se formos falar da FAMÍLIA de ABRÃO vamos nos deparar com SARA, AGÃ e QUETURA. FAMILIAS destruídas por mentiras, ódios, sacrifícios, frustrações e morte. Quem conhece história sabe o que estou dizendo.

 

Se quisermos mais informações sobre os patriarcas, por exemplo, ISAQUE vamos descobrir os privilégios: como o caso de Rebeca que amava mais a JACO do que a ESAU. ISAQUE amava mais a ESAU do que a JACO. Se aprofundarmos-nos vamos encontrar JACÓ em PADÃ-ARÃ sendo enganado por seu tio LABÃO na exploração de seu trabalho e enganando-o na troca das filhas. Seria bom também lembrarmos da negociação dos animais malhados.

 

Não precisamos nos espelhar nesses exemplos das FAMÍLIAS encontradas nas ESCRITURAS, afinal não é a FAMÍLIA do PATRIARCA ABRAÃO que até hoje luta por direitos chegando até a morte? Não são os árabes irmãos por parte de pai do povo judeu? Não vivem em litígio até hoje? Vejam a FAIXA DE GAZA, por exemplo?

 

A Instituição FAMÍLIA puramente humana, sempre será campo de guerra. O que podemos aprender com a lição de Jesus em relação à essa instituição humana, rotulada FAMÍLIA?

 

Alguns dos parentes de Jesus, quando ouviram que ele estava expulsando demônios, “saíram para o prender; porque diziam: Está fora de si pensando que es tivesse louco (Marcos 3.21). Certa vez seus irmãos e sua mãe foram buscar Jesus porque talvez estivesse a algum tempo fora de casa (Mateus 12.46,47). Alguns de seus irmãos incentivaram que fosse para a festa dos Tabernáculos em Jerusalém para mostrar suas obras, com intenção de expô-lo e provar se realmente tinha poder “porque nem mesmo os seus irmãos criam nele” (João 7.1-9). Entretanto, seus irmãos Judas e Tiago se tornaram seus discípulos e apóstolos (Judas 1.1). Como qualquer família, o lar de Jesus também tinha obrigações e dificuldades de convivência. Porém Jesus serviu-se de exemplo para a verdadeira FAMÍLIA. Ele disse que a sua verdadeira família é “qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe” (Marcos 3.31-35).

 

 

No EVANGELHO é assim. Todas estas guerras tiveram seu fim, afinal não existem mais gregos, citas, bárbaros... Poque todos em CRISTO se tornaram NOVAS CRIATURAS. Jesus veio trazer todos a Deus através de sua morte vicária e de CRUZ, a qual satisfez as exigências da Lei quanto à morte pelo pecado.

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida