7. dez, 2014

A ESCOLA DO MESTRE – AULA 62

“... Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a PALAVRA que sai da boca de Deus”. (Mateus 4:4b cp. Dt.8:3).

 

A FRANQUIA DE DEUS

 

Segundo li FRANQUIA é: “uma modalidade de negócio...”, “envolvendo a distribuição de produtos ou serviços mediante condições estabelecidas em contrato, entre franqueador e franqueado”.

 

“A FRANQUIA envolve a concessão e transferência de”:

 

- MARCA;
- TECNOLOGIA;
- CONSULTORIA OPERACIONAL e
- PRODUTOS OU SERVIÇOS.

 

Já sei, você deve estar perguntando: o que Deus tem a ver com FRANQUIA?, pois muito bem, tem muito em comum. Mas creio que a pergunta teria que ser feita diferente: O que a FRANQUIA tem a ver com Deus?, pois muito antes da existência dos planetas Deus tinha uma PROPOSTA para A CABEÇA DA CRIAÇÃO – O HOMEM – ser o HOMEM a IMAGEM e SEMELHANÇA de quem o criou – DEUS.

 

Foi FRANQUIADO ao homem um PARAÍSO fantástico e nele tudo existia e havia com paz, segurança e, como não bastasse, a presença de seu criador todos os dias passando confiança, amor e companheirismo. Tinha mais, havia duas FANTÁSTICAS ÁRVORES:


1) A ÁRVORE DA CIÊNCIA DO BEM & MAL (Gn. 2:9) e
2) A ÁRVORE DA VIDA (Gn. 2:9).

 

UM PACTO foi feito entre o FRANQUEADOR e o FRAQUEADO, um PACTO onde existia em seu parágrafo maior o LIVRE-ARBÍTRIO, isto é, quem honraria este parágrafo até o fim e o PACTO era: “... De toda árvore do JARDIM comerás livremente, mas da ÁRVORE DA CIÊNCIA DO BEM E DO MAL não comerás...” (Gn.2:16-17).

 

Se lermos o final do v. 17 teremos o resultado da quebra deste parágrafo: “... porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. Só para por um pouquinho de pimenta no assunto: Todos os contratos hoje feitos entre os homens quebrados por esta ou por aquela parte, ou porque houve roubo, mentira, preguiça, lisura, maldade, ciúme e etc., fatalmente terminará com a morte do negócio, doenças entre sócios ou desgastes em família. Não foi assim que aconteceu entre O NEGÓCIO RELIGIOSO e nosso MESTRE JESUS? Ele veio, assumiu nosso NEGÓCIO, mas para isto teve que pagar um cheque, ou uma cédula de dívida que em suas ordenanças eram contra nós e Ele assumiu a dívida crucificando-a na CRUZ juntamente com Ele (Cl. 2:14).

 

Paulo escreve em Romanos 3:23 que todos pecaram e por isto ficaram destituídos da glória de Deus, pois bem, mas também está escrito que onde abundou o pecado superabundou a GRAÇA. Como? Todo empenho ou ponte para retornar o homem a DEUS deram em nada: Na dispensação da INOCÊNCIA Adão rompe o PACTO;  Na dispensação do CONHECIMENTO o homem rompe o PACTO criando uma torre para ir ao céu; Na dispensação PATRIARCAL os homens não entenderam o PACTO e romperam com todos eles e foi na dispensação da GRAÇA que o PACTO foi refeito na CRUZ com valor de SANGUE.

 

Estava claro, o homem não tenha como cumprir PACTO com Deus e foi ai que o VERBO se fez carne para habitar, comprar, morrer e nos SALVAR.  Neste PACTO de volta o MEDIADOR entre Deus e os homens – JESUS nos chama a ATENÇÃO dizendo para ficarmos alertas, pois “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a PALAVRA que sai da boca de Deus”. É interessante, pois Ele não fala dos acessórios, como casa, carro, dinheiro em banco, saúde, iates, aviões, família, beleza, esporte, religiões e etc., afinal tudo isto pode ser importante, mas isto não nos dá vida física. Ele fala exatamente de comida, o combustível o único que produz vida biológica e sem ela todos os bens, os acessórios, ficam sem sentido algum.

 

Vamos então ao PACTO & FRANQUIA?
- DEUS SENHOR DO PRODUTO EVANGELHO;
- JESUS O MEDIADOR ENTRE O FRANQUIADOR E O FRANQUIADO;
- A IGREJA, (corpo de Cristo) A ÚNICA AGÊNCIA NA TERRA;

- O EVANGELHO O PRODUTO ÚNICO (por não esta nas dispensações passadas, houve rupturas).

 

É impossível que não exista a BÍBLIA entre DEUS e os HOMENS, pois é nela que está o EVANGELHO e chamo a atenção para uma destas dispensações descritas acima, em especial a DISPENSAÇÃO DOS PATRIARCAS e em particular o patriarca Abraão, o pai da fé, pois foi ele que teve pré-anunciado o EVANGELHO, pré, porque ele não se aprofundou nesta dádiva, embora em algumas versões não usem o “pré-anunciou”, mas sim: “Ora, tendo a Escritura prevista que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o EVANGELHO a Abraão, dizendo: ‘todas as nações serão benditas em ti’” (Gl. 5:8). Abraão e todos os demais homens chamado de “homens de fé”, e estes estão na GALERIA de HEBREUS 11, no entanto, pela ausência do EVANGELHO todos eles, “... embora tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito...” (Hb:11:39, 40).

 

Alguns podem até argumentar: ‘mas é claro que na época de Abraão não haviam ainda sido escrito MATEUS, MARCOS, LUCAS e JOÃO...’, pois é, mas estes são LIVROS BIOGRÁFICOS, não é o EVANGELHO dado a ABRAÃO lá em GÊNESIS. Não são os livros que Jesus pregou: “E percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas suas sinagogas, e pregando o EVANGELHO do REINO...” (Mt. 4:23), nesta época Jesus usava os LIVROS PROFÉTICOS, pois nele esta o EVANGELHO. Paulo quando fala, aos Romanos 1:16 sobre EVANGELHO, ainda os quatro LIVROS BIOGRÁFICOS, não tinham sido escritos: “Porque não me envergonho do EVANGELHO de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê...”.

 

O EVANGELHO é um CÓDIGO de HONRA e está em forma de CÓDIGO desde GÊNESIS até ao APOCALIPSE e para entendê-lo precisamos da palavra do escritor aos HEBREUS que diz: “... devido já ser mestres (instrutores) pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das PALAVRAS DE DEUS; e vos haveis feito tais que necessitais de leite e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na PALAVRA DA JUSTIÇA, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados pra discernir tanto o BEM como o MAL” (Hb. 5:12-14).

 

Enquanto as religiões estiverem nas rádios, televisões e templos ensinando ao homem buscar o pão e os acessórios da vida terrena, e não a PALAVRA que sai da boca de Deus, suas vidas estarão sempre em baixa: ricos roubando ou se matando, traindo e tendo seus “lares” desfeitos tanto pelo sexo como pelo poder e os pobres brigando por comer e pelo ter. Uma disputa inútil e já certa para quem vai ganhar.

 

Se A AGÊNCIA aqui na terra anunciar o produto de DEUS – O EVANGELHO o PACTO será revisto na BÍBLIA e, sem dúvida, ela nos apresentará o ADVOGADO ÚNICO – JESUS (1ª Jo. 2:9). Saiba que a palavra “pecar” aqui significa “não acertar no CONTRATO ou errar o alvo”, para isto JESUS está como nosso MEDIADOR e por fim entendermos a FRANQUIA e quem nos dá garantia disto é o próprio MESTRE quando nos diz: “Ide por todo o mundo, pregai O EVANGELHO e a toda a criatura” (Mc. 16:15), isto é, vá e use O PRODUTO de meu PAI – O EVANGELHO. Abram FRANQUIA em todos os lugares e para isto vocês precisam ser enviados, ter comunhão com pessoas que possam, mesmo de longe, estarem ajudando, mesmo financeiramente a alguém que esteja disposto a usar sua vida em função do MESTRE, ou da causa que o levou na CRUZ.

 

Ensinar pessoas a buscarem o REINO de DEUS e as sua justiça quer dizer que todas as demais coisas (acessórios) lhe virão em acréscimo. Quando assinamos abaixo da assinatura do mestre, não com sangue, pois somente o sangue dele tem validade acima de minha assinatura, podemos descansar que todos os nossos NEGÓCIOS andarão sempre pra frente sem medo de ERRAR ou PECAR, afinal JESUS é advogado no ACORDO OU PACTO entre nos e o PAI.

 

TEMOS, PORTANTO:


- A MARCA;
- A TECTONOLOGIA;
- A CONSULTORIA OPERACIONAL e
- OS PRODUTOS OU SERVIÇOS.
- A MARCA já nos foi dada – a CRUZ;

 

A TECNOLOGIA, aquela em que foi usada para a criação dos mundos; A CONSULTORIA OPERACIONAL, não precisamos nos preocupar, o ESPÍRITO em nosso espírito nos intui, através da comunhão a consciência das coisas do ALTO e  PRODUTOS ou SERVIÇOS, isto é simples, cada um fica no posto ou com o dom com que foram convocados. Exercendo o EVANGELHO, assim será pregado a toda a criatura. Quem tem ouvido ouça, quem tem voluntariedade que se voluntarie, pois o EVANGELHO é para as pessoas dispostas, de vontade aberta, convertidas e que saiba que semente tem para plantar e em que terreno fará seu plantio.

 

Abraço a todos.

 

 

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida