27. fev, 2014

PARTE 1 - OS LEVITAS

 

por Israel Sarlo

 

Lemos na BÍBLIA muito sobre os LEVITAS, uma tribo de ISRAEL que é adorada, venerada por todos os religiosos chamados cristãos, no entanto nada sabem sobre o sr. Levi. Vejamos:

 


Quando Jacó, ou Israel se achava preste a morrer, ele chama seus filhos. Filhos com suas quatro mulheres, sendo duas legítimas e duas escravas e especialmente, em Genesis 49:5-7 lemos: "Simeão e Levi são irmãos; as suas espadas são instrumentos de violência. No seu secreto conselho, não entre minha alma; com a sua congregação, minha glória não se ajunte; porque, no seu furor, mataram varões, e na sua teima, arrebataram bois. Maldito seja o seu furor, pois era forte, e a sua ira, pois era dura; eu os dividirei em Jacó e os empalharei em Israel" .

 


Porque estou começando esta serie de ensino? Os sacerdotes tiveram papéis importantíssimos no VELHO TESTAMENTO e até hoje sofremos conseqüências sérias deles, inclusive nos pergaminhos encontrados ou os LIVROS BÍBLICOS, existem anotações apócrifas legisladas por estes senhores sacerdotes.

 


Bem, vamos voltar a Simeão e a Levi - no capítulo 34:25-31 de Gênesis você encontrará a história macabra que resultou na maldição de Jacó a estes dois filhos e conseqüentemente a perda de tribos, pois Levi não teve terra para trabalhar com suas três famílias:
Levi Gersonitas;
Levi Merarita e
Levi Coatita.

 


Todo os sacerdotes vinham destas três famílias (Gersonitas, Meraritas e Coatitas), mas somente os COATITAS exerciam a função de SUMO-SACERDOTE, pois os demais exerciam funções de sacerdotes sem honra alguma. Cuidavam de lenha, transporte do tabernáculo, da matança dos animais para os holocaustos e etc.

 

É bom ressaltar que Moisés era COATITA e seu irmão ARÃO também e foi Moisés que o consagrou a SUMO-SACERDOTE e todas as demais tribos pagava os 10% de tudo que tinham.

 

 

 

Outro ponto importante a destacar é que Moisés era um grande LEGISLADOR. Foi ele o responsável pelas leis (no livro de Deutoronomio você encontratá um conjunto de estatutos e normas. Sendo: exposição dos Dez Mandamentos capitulos 4 à 6; Leis Cerimoniais capitulos 12 à 16:17 / 19 à 21; Lei Civil capítulos 16:18 à 18; Leis Sociais capítulos 21 à 26) e sem dúvida estas leis beneficiaram muito a sua TRIBO - OS LEVITAS, aliviando assim todas as maldições preditas por Jacó.

 


Muito importante saber que no versículo 7 do capítulo 49 de Gênesis encontramos o seguinte dito de Jacó: "...eu os dividirei em Jacó e os espalharei em Israel". Mas Jacó não é o mesmo que Israel? Sim! Mas quando a Bíblia fala de Jacó está referindo ao povo político desta nação, mas quando se referi a Israel está se referindo a nação religiosa, portanto Levi foi dividido e espalhado tanto político como religiosamente falando.

 

Importante você saber que Levi foi chamado de ladrão, daí destituído da glória do patriarca Jacó (v.6). Se você desejar entender melhor leia e estude com atenção o Livro de Números 3 e você verá Moisés dando as leis ou legislando dizendo como se Deus o estivesse usando. Você entenderá melhor sobre a TRIBO DE LEVI com suas respectivas famílias e suas obrigações.

Aqui vai uma amostra e quero que você leia com muito atenção, pois você achará varias contradições no relato abaixo. Quando falam que levitas serviam os sacerdotes. Nada disso, os levitas da família de Gerson e Merari serviam aos COATITAS que eram SACERDOTES da CASTA ALTA. O relato que vocês lerão é típico dos religiosos.

A importância e a grandeza desse sacerdócio no Antigo Testamento é tão elevada e significativa em sua essência,que são vários os textos que fazem menção a tão glorioso oficio. O povo hebreu orientado, formado e capacitado por Deus para exercer, praticar a adoração a Jeová, foram ensinados pelo próprio Deus, a respeito do ofício Sacerdotal e Levítico. Em Números, nós vemos a disposição das tribos, o famoso recenseamento, e é claro, a função dos Levitas, vemos isto logo nos primeiros capítulos de Números (Nm 1.2). Os escolhidos para a função, para o ministério levitico, foram os da tribo de Levi, por isso chamados Levitas, separados, santificados para servir, ministrar as coisas sagradas no Tabernáculo e posteriormente no Templo.


I – O OFÍCIO:
Já que começamos em Números, encontramos no capítulo primeiro, a função do santo oficio dos Levitas (Nm 1.50,51): 'em vez disso, designe os levitas como responsáveis pelo tabernáculo que guarda as tábuas da aliança, por todos os seus utensílios e por tudo o que pertence a ele. Eles transportarão o tabernáculo e todos os seus utensílios; cuidarão dele e acamparão ao seu redor. Sempre que o tabernáculo tiver que ser removido, os levitas o desmontarão e, sempre que tiver que ser armado, os levitas o farão. Qualquer pessoa não autorizada que se aproximar do tabernáculo terá que ser executada'.(NVI).



II – A CONSAGRAÇÃO DOS LEVITAS (Nm 8.5):
É tremendo todo o capitulo 8 (oito) do referido livro de Números, encontramos Deus falando, instruindo o legislador Moisés, quanto a consagração e purificação do oficio Levítico em riqueza de detalhes:

1 – Separação – Nm 8.5:
Temos sempre claro que, os levitas foram especialmente por Deus separados, das demais tribos, até no recenseamento não foram contados (Nm 1.47). No capitulo oito de Números, o Senhor disse a Moisés (V6); 'separe os levitas do meio dos Israelitas...'(NVI) isto mostra um exclusivismo tremendo por parte de Deus para com aqueles que são chamados para um santo ofício.

2 – Asperção com água da purificação – Nm 8.5-7:
Os levitas eram ajudantes diretos dos Sacerdotes, não é a toa que o processo de consagração, envolvendo purificação, diferem em alguns detalhes e em seus significados com os dos Sacerdotes. Nem todos tem notado que os sacerdotes eram ‘santificados’, enquanto os levitas foram ‘purificados’. A purificação deu-se com a aspersão da água da purificação (v7). Diferente dos Sacerdotes que eram ungidos e lavados.

3 – Raspagem de todo o corpo – Nm 8.7:
Logo que a água da purificação era aspergida, continuava o ritual com a raspagem de todo o corpo com navalha, isto simbolizando a purificação completa.

4 – Vestes lavadas – Nm 8.7:
Neste ritual sagrado vemos as roupas dos levitas sendo lavadas, um outro diferencial com relação aos Sacerdotes que suas roupas eram trocadas, novas vestes. Segue-se todo o processo com oferta de manjares, além de novilho para expiação do pecado.

5 - Imposição de mãos e oferta movida – Nm 8.9-13:
Os filhos de Israel, agora fazem imposição de mãos na tenda da congregação, e como havia a oferta em que os Sacerdotes movia em direção ao santuário, uma porção do sacrifício, a dedicação dos levitas estava agora bem simbolizada(v21).

E por fim os levitas foram exercer, ministrar na tenda da congregação, perante Arão e seus filhos(v22).

 


III – DETALHE – Todos os Sacerdotes eram Levitas:

Como já sabemos, os levitas eram os da tribo de Levi, terceiro filho do patriarca Jacó. A tribo de Levi era sacerdotal, porém nem todos eram Sacerdotes, mas todos os Sacerdotes eram Levitas, inclusive até a época dos Reis.

 


Quanto a idade para iniciação alguns textos da Bíblia são curiosos, no capitulo 4 (quatro) de Números encontramos no versículo 3 (três), que aos trinta anos para cima até aos cinqüenta anos de idade estava estipulado o exercício levítico. Já no capitulo 8 (oito) versículo 24 está a idade de vinte e cinco para cima para exercer no ministério da Tenda da Congregação, mais adiante Davi fixou em 20 a idade para se iniciar este ofício.

IV – FUNÇÕES DOS LEVITAS:
Vemos que dentre muitas atribuições como as mostradas em Números, com relação a Tenda de Encontro, além da manutenção deste ‘santuário móvel’, dos utensílios, da montagem e desmontagem do mesmo, vamos destacar alguns aspectos do "honrado" oficio.

 


1 – Louvar: Os Levitas eram os responsáveis diretos por tão excelente atitude, a de louvar a Deus. No que diz respeito a organização e condução dos cânticos e instrumentação, fazendo uso de diversos instrumentos musicais disponíveis na sua época e cultura. Na ocasião da dedicação do Templo (ICr 7.6) encontramos os levitas fazendo uso dos instrumentos musicais e entoando louvor. Outra passagem bastante esclarecedora está em 2Cr 8.14 também em 1Cr 16.4.5.

 


2 – Ensinar – (ICr 15.22 e 25.5-7): É maravilhoso o que vemos nesse capitulo de Crônicas, o ensino da música e porque não dizer o aperfeiçoamento da arte de cantar, o versículo 22 do capitulo 15 diz: "Quenanias, o chefe dos Levitas, ficou encarregado dos cânticos; essa era sua responsabilidade, pois ele tinha competência para isso"(NVI) a (RC) traz: "porque era entendido nisso".

 


Já no livro de Neemias capitulo 8, na ocasião Esdras (escriba), ensina os filhos de Israel com relação à Lei e diz o texto que quando Neemias, o Sacerdote Esdras e os levitas ensinavam ao povo, houve choro, foi comovente o entendimento dos preceitos do Senhor .

 


3 – Profetizar (ICr 25.1-5): É muito apropiado esta passagem (ICr 25.1-5), pois vemos aqui a autoridade espiritual dos levitas, separados para o ministério de profetizar. E o curioso é que isto era feito ao som de Harpas, Liras e Címbalos.

 


4 – Santificar (2Cr 29.5;15.25-30): Este ocorrido foi em uma situação muito gloriosa, na época do rei Ezequias, quando restabelecido o culto no Templo do Senhor. Os Sacerdotes e Levitas foram convocados,consagraram-se e consagraram o Templo, houve sacrifícios, holocaustos, ofertas, musica, canto, adoração e o detalhe: música alegre.

 


Para concluir, sabemos que para um andamento e manutenção desse oficio, de forma exclusiva, eram os levitas, como todos os que participavam do Ministério sacerdotal, a manutenção por meio dos dízimos e ofertas, além de serem concedidas 48 cidades em volta delas uma faixa de terra para o sustento deles. (Ne.12.47; 10.37; 13.10-14; ICr 9.33; Lv 27.30; Nm 35.1-8; Dt 14.22-27).

 

No proximo estudo desenvolveremos mais sobre as histórias bíblicas. O importante conhecer tudo isso lhe permitirá compreender o que o Mestre ensinou e fez.

 

Calma, chegaremos a uma conclusão surpreendente e você entenderá tudo! Acompanhe-nos aqui no Blog.

 

Até a proxima!