10. jun, 2014

PARTE 47 – GUERRAS DE IDÉIAS

A BÍBLIA E SUAS ESCOLAS RELIGIOSAS E FILOSÓFICAS.

 

Muito mais numerosos que os dinâmicos eram os monarquianos modalistas, que a muitos atraíam, pelas razões aduzidas por Tertulianos, a saber, a de que, diante do politeísmo pagão, a unidade de Deus devia ser considerada artigo primacial da fé cristã, e qualquer concepção do tipo da do Logos e a do monarquianismo dinâmico, parecia-lhe negar uma unidade. Para descrever os monarquianos modalistas, Cipriano cunhou o termo "patripassianos".

 

Tal como no caso do monarquianismo dinâmico, o líder deste partido era um oriental, Noeto, provavelmente originário de Esmirna. É bem possível que ambas essas teorias tenham resultado das mesmas controvérsias travadas na Ásia Menor. Pouco se conhece a respeito de Noeto, exceto que, na sua região de nascimento e entre 180 e 200, ensinou que "Cristo era o próprio Pai, e o próprio Pai nasceu sofreu e morreu".

 

Essas idéias foram trasladadas para Roma, por volta de 190, por um certo Práxeas, seguidor de Noeto e adversário dos montanistas. Com referência a este Práxeas, Tertuliano, já então montanistas e defensor da cristologia do Logos, disse: "Práxeas fez duas obras do demônio em Roma: expulsou a profecia e introduziu a heresia. Baniu o Espírito Santo e crucificou o Pai". Pouco mais tarde, dois outros discípulos de Noeto, Epígono e Cleômenes, foram para Roma e conseguiram em grande parte atrair a simpatia do bispo Zeferino (198-217) para a posição dos monarquianos modalistas.

 

Vocês estão percebendo que as idéias surgiam, os idealistas se insurgiam, criaram suas crenças sob guerra contra outras idéias, e assim surgiam seus valores e cegos a VERDADE guerreavam achando que desta maneira estavam defendendo o CRISTO CRUCIFICADO e suas DOUTRINAS, na verdade o que faziam eram guerras em defesas de suas idéias que eram transformadas em crenças e estas em valores. E assim uma CRENÇA vinha derrubando outras e o circo formava novos espectadores e atores nos picadeiros das religiões e filosofias.

 

Na próxima aula vamos dá continuidade a este assunto - aguardem.

 

Israel Sarlo