23. out, 2019

CONHECER A HISTÓRIA DA IGREJA.

Sou insistente em destacar a importância em conhecer a história da Igreja. Faz falta tal conhecimento quanto à leitura e estudo das escrituras. Tenho dito que o único LIVRO HISTÓRICO NAS ESCRITURAS, ainda em aberto, chama-se O LIVRO DOS ATOS DOS APÓSTOLOS. Também temos estudado nossa única base cristã nas três principais ESCOLAS NAS ESCRITURAS. São elas:

1° A ESCOLA DOS PROFETAS;

2° A ESCOLA DO MESTRE e

3° A ESCOLA APOSTÓLICA.

Importante lembrar que o centro do cristianismo teve sua base em JERUSALÉM, mas foi nesta JERUSALÉM, por ordem de Herodes Antipas que Tiago Maior, irmão de João, filhos de Zebedeu, os conhecidos como Filhos do Trovão, perdeu sua cabeça pelo fio de uma espada.

Os cristãos de JERUSALÉM foram dispersos e assim ANTIOQUIA passa a ser o CENTRO DO CRISTINISMO. Lá, pela primeira vez, os seguidores do Mestre são chamados de cristãos. Para esta missão foram escolhidos Paulo e Barnabé, sendo o segundo o mais indicado e líder desta missão.

Não foi nada fácil o desafio para Paulo e Barnabé, pois em ANTIOQUIA viviam quatro classes sociais discriminadas:

- O ROMANO: homem militarizado, de pouca cultura, amigo de poucas palavras e cheio de orgulho pelo status de dominador do mundo de então;

- O GREGO: helenista, aristocrata social e intelectual, descrente da metafísica dos velhos deuses, e tanto mais crente da física da matéria e dos prazeres sensuais;

- O SÍRIO: indígena, mais ou menos plebeu, indolente, sem caráter, cuja filosofia e teologia se confundiam numa Babel caótica de crendices e supertições, qual a qual mais absurda e sem sentido e

- O JUDEU: negociante solene, segregado quando possível da turba profana dos “goim”, cônscios da sua condição de favorito de YAHVEH e convencido de ser o único homem religioso do mundo.

O mais triste de tudo isto é que AS ESCOLAS citadas no início desse texto foram influenciadas por estas classes citadas logo acima e chegando até nós as ESCRITURAS com interpretações múltiplas, embora, graças a Deus, o EVANGELHO nada foi alterado por ser um CÓDIGO DIVINO, os homens que não “NASCERAM DE NOVO” não tiveram e não têm acesso a ele.

Obs.: Significado de goim - Do hebráico Goyim = gado; povo

 

Bom estudo. 

Israel Sarlo