27. jun, 2014

"A ESCOLA DO MESTRE" - Aula 29

(1ª parte "Água Viva")

"... UMA FONTE DE ÁGUA A JORRAR PARA A VIDA ETERNA" (João 4:14).

 

Neste texto de João 4 já encontramos um duelo interessante entre Jesus e os religiosos adeptos de João Batista, os fariseus diferenciaram quem mais batizava, se era os seguidores de Jesus ou de João e chegaram a conclusão que os de Jesus batizavam mais, criando assim uma rivalidade entre estes dois grupos (João. 4:1-3) e Jesus então deixa a Judeia e volta para a Galileia. Graças a esta retirada é que se dá o encontro do MESTRE com a mulher SAMARITANA.

 

Os SAMARITANOS - Uma seita antiga, e ainda hoje existem entre os judeus. Originou-se da seguinte maneira: propriamente samaritano quer dizer um habitante da cidade de SAMARIA, capital do reino de Israel, as dez tribos. Mas se chamavam samaritanos todo o povo desta nação, 2º Reis 17:29. Quando as dez tribos foram transportadas para o cativeiro na Assíria, milhares dos pobres ficaram na terra. Sargom II, rei da Assíria, trouxe gente de Babilônia, de Cuta, de Ava, de Hamate e de Safarvaim, para colonizar o país (2º Reis. 17:24). Isso resultou numa raça mestiça (Esdras 4:2 - cf. vv. 9, 10). Assim houve grande conflito entre este povo e os judeus ortodoxos, que tinham sua capital em Jerusalém. (Neemias. 6). Os samaritanos baseavam sua religião somente no Pentateuco, rejeitando o resto do Antigo Testamento. Observa o sábado, as festas, a circuncisão. Sustentavam a crença que o Monte Gerizim era o lugar onde Abraão foi para oferecer Isaque em holocausto (Gn.22), o lugar da visão de Jacó (Gn 31:13), onde enterraram os ossos de José (Js. 24:32), O Monte da Bênção (Dt.11:29). Seu templo, construído nesse monte, foi destruído em 128 a.C, mas nunca reconstruído. Esperavam vinda de um Messias, para converter todas as nações ao samaritanismo. Jesus mandou que os doze não entrassem em cidade de samaritanos (Mt.10:5). Tiago e João queriam a permissão de Jesus para mandar descer jogo para consumir certa aldeia de samaritanos (Lc. 9:52-55). A parábola do bom samaritano (Lc. 10:25-37). O leproso, dos dez curados, que voltou para agradecer, era samaritano (Lc. 17:16). Os judeus não se davam com os samaritanos (Jo.4:9). A conversão da mulher samaritana (Jo. 4:1-42). Diziam que Jesus era samaritano e que tinha demônio (Jo. 8:48). Muitos samaritanos creram em Jesus (Jo. 4:39-42); na pregação de Felipe (At. 8:5-25).

 

Com esta explicação, vamos então entender sobre o que O MESTRE falou sobre a "FONTE DE ÁGUA VIVA?"

 

(continua...)

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida