30. jun, 2014

"A ESCOLA DO MESTRE" - Aula 33

(5ª parte "Água Viva")

João 4

 

É claro que a mulher não havia entendido nada. Ela estava querendo parar de trabalhar no poço de Jacó: "Senhor, dê-me dessa água, de modo que eu nunca mais tenha SEDE, nem tenha de voltar a este poço!".

 

Em via de regra as pessoas RELIGIOSAS buscam em suas RELIGIÕES "LUGAR de CONFORTO". Elas acham que suas vidas dadas ao Senhor significa que Ele fará tudo por elas nesta vida, como se Sua morte na Cruz e a liberdade nos dada não fosse o suficiente. Elas querem que Deus os casem, lhes de filhos, os guardem, dê emprego, lhes dê saúde, dinheiro, casa, carro e etc.

 

As pessoas não estão em suas RELIGIÕES por VOLUNTARIEDADE, estão por necessidade de serem guardados ou por medo, por isto tentam negociar com Deus pagando a Ele aquilo que foram ensinados serem devedores. Imaginem eu DEVEDOR de DEUS - O que posso dever a ELE a não ser o AMOR e o SERVIÇO que posso fazer em prol daqueles que O MOTIVOU A MORRER NA CRUZ e se tornar ADVOGADO?

 

Realmente tirar água dos POÇOS RELIGIOSOS é um trabalho sem sentido. Quanto mais BALDES se tira, mais água se faz necessário para limpar as sujeiras que nossas invenções religiosas criam em benefícios dos mais expertos. Quanto mais funda a água, mais cordas precisamos para alcançá-la e quando chega o verão a água escassa e a procura se torna maior e a SEDE RELIGIOSA faz com que busquem outros lugares e abrirem outros poços.

 

Jesus vendo que o diálogo estava se estendendo e não estava gerando conhecimento, Jesus deu sua última cartada, afinal os samaritanos também esperavam a vinda de um MESSIAS. Jesus então pediu que ela chamasse o seu marido e ela responde que não tinha marido. Jesus então a desperta revelando seu segredo, e claro, não a julgando, apenas mostrando quem de verdade era. Ele então disse que ela havia tido cinco maridos e que o homem com quem vivia não era seu marido.

 

Ela então desperta e diz que o MESTRE só podia ser PROFETA. Este final de diálogo também nos mostra a FORÇA RELIGIOSA. Os religiosos sempre estão em busca de provas: "Então me tire uma dúvida: nossos antepassados adoraram a Deus neste monte, mas vocês, judeus, insistem em que Jerusalém é o único lugar para adorar. Quem está certo?"

 

Percebam como as diferenças religiosas nos cegam e não permitem que vejamos a verdade? Em que monte se adora a Deus? No monte em Jerusalém ou no monte aqui, em Samaria? Quem está certo, nós os samaritanos ou os judeus?

 

Jesus então quebra paradigmas, derruba tabus e rompe os preconceitos dizendo: "Mulher, acredite, está chegando a hora em que vocês, samaritanos, irão adorar o Pai, mas não neste monte nem em Jerusalém. Vocês adoram como que tateando no escuro. Nós, judeus, adoramos na clara luz do dia. O caminho de Deus para a salvação veio por meio dos judeus. Mas chegará o momento - na verdade, já chegou - em que não importará como vocês são chamados ou onde irão adorar. O que conta para Deus é quem você é e como vive. Seu culto deve envolver o seu espírito na busca da verdade. Este tipo de gente que o Pai está procurando: aquele que é simples e honesta na presença dEle, em seu culto. Deus é Espírito e quem o adora deve fazê-lo de maneira genuína, algo que venha do espírito, do mais íntimo do ser" (Jo.4:21-24 - versão A Mensagem).

 

O MESTRE mata a charada. Diz que é verdade, a salvação veio por meio do judeu, afinal Ele pertencia a esta nação. Ele é o LEÃO DE JUDÁ, mas isto também não importava, pois já não fazia diferença de como seriam chamados, se samaritanos ou judeus ou onde adorariam ao PAI. Foi ai que ela revela que sua religião esperava um MESSIAS e ELE responde: "EU sou o MESSIAS, você não precisa esperar nem procurar mais" (v. 26). Se você continuar lendo este texto vai encontrar os discípulos escandalizados, pois não podiam acreditar que o MESTRE estivesse conversando com uma mulher daquele povo. Eles, os discípulos também eram carregados de ódio, preconceitos religiosos.

 

Você já encontrou o HOMEM DE NAZARÉ? Já teve seu encontro com o MESSIAS ou ainda continua buscando as águas rotas dos poços da vida? Ainda se escandaliza com as pessoas que você tacha como erradas?

 

Obrigado Deus por minha vida e pela vida das pessoas com quem lido na busca incessante de trazer a todos a LIBERDADE que existe "NA FONTE DE ÁGUAS VIVAS".

 

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida