20. mar, 2014

LIVRE ARBÍTRIO

por Israel Sarlo

Liberdade de escolha.


Escrevi sobre CULTO e ASSEMBLÉIAS dizendo sobre o pedido de Deus que houvesse justiça, e, como sempre, fui abordado por algumas pessoas pedindo informações sobre o artigo. Prometi então trazê-lo sobre a LUZ do NOVO TESTAMENTO, na esperança de ajudar a esclarecer a necessidade em melhorar nossos CULTOS
e ASSEMBLEIAS.

 

Antes porém, gostaria muito de falar sobre LIVRE-ARBÍTRIO ou a liberdade que temos de escolher e para isto gostaria de trazer Paulo para nos dizer algo sobre isto: "Analise tudo e guardem apenas o que for bom. Joguem fora tudo que tiver ligação com o mal" (1ª Ts. 5:21. Vr. A Mensagem).

 

Paulo nos adverte para analisar ou examinar, segundo outra versão, mas analisar ou examinar o que? Que tipo de exame precisa se fazer, isto é, o que teremos que examinar para escolher? Quando olhamos as muitas religiões existentes, e o engraçado, muitas que foram fundadas graças às rachaduras que foram criadas em outras religiões, que dizem fundamentadas na Bíblia. Não está muito confuso escolher o certo do errado mesmo entre nós os evangélicos por tantas rachaduras no seio deste povo que se diz NAÇÃO ELEITA?

 

Já vi muitos jovens abandonarem suas cidades de origens, saírem do seio de seus familiares para grandes centros, pois terminando o ensino básico, precisando de faculdade, são obrigados a saírem para que suas escolhas sejam feitas e mudanças aconteçam em seu futuro.

 

Quando falamos em LIVRE-ARBÍTRIO, isto quer dizer, DIREITO DE ESCOLHA, o que estamos dando, de verdade, aos homens para que estes exerçam opções certas no exercício de seu LIBRE-ARBÍTRIO? Será que não estamos agindo como estes locais onde não existem opções para nossos jovens cursarem suas faculdades? Não poderão escolher a não ser sair e se aventurar longe de seus queridos? Que opção espiritual estamos dando a humanidade? Afinal o ÊXODO entre os evangélicos é enorme. As insatisfações são profundas. Daí a busca de outras religiões ou se racham buscando o que na verdade não sabem.

 

Voltando ao assunto sobre CULTO e ASSEMBLÉIA, e a justiça de Deus presente nestas reuniões, gostaria então de dizer que não foi só Amós, o profeta, quem falou sobre este assunto, seria bom que conhecêssemos melhor a Bíblia, pois desta maneira encontraríamos um dos sete diáconos cheio do Espírito Santo falando com a mesma propriedade. Estou falando de Estevão. (Atos 7)

 

Leia o artigo: LIBERDADE ESPIRITUAL NOS CULTOS (03 Nov., 2013)