7. jun, 2014

CURIOSIDADES BÍBLICAS 13


GÊNEROS LITERÁRIOS DO NOVO TESTAMENTO (N.T) E SEUS PARALELOS ANTECEDENTES NA LITERATURA GREGA:



1º - ANEDÓTICO: (khreîai) dos Livros Biográficos Sinóticos encontram seus paralelos mais próximos nos escritos gregos sobre filósofos e políticos. A presença do anedótico em todos os estratos do NT é um indício de evolução do cristianismo primitivo, que passa de uma visão apocalíptica à preocupação pelo curso da história como terreno de desenvolvimento da vida Cristã.

 



2º - O APOTEGMA:
Sentença ou breve dito, é um gênero que não se encontra nas fontes judaicas da Mixná e da literatura inter testamentária. Os debates rabínicos segurem o modelo do consenso, onde conta mais a opinião coletiva. As biografias de escritores gregos sobre filósofos, poetas e políticos oferecem um background mais adequado que o da literatura judaica para explicar a razão do interesse pelos apotegmas na comunidade neotestamentária.

 



3º - PARÁBOLAS: Acentuar unilateralmente o fundo judaico e o contexto supostamente aramaico pré-pascal da parábolas de Jesus supõe ignorar a dependência das parábolas sinóticas em relação ao estilo e estrutura de todas as parábolas antigas, sejam judaicas ou helenistas, bíblicas ou não-bíblicas. As parábolas de Jesus não são suigeneris, mas, na estrutura narrativa e demais características, respondem perfeitamente à tradição cultural mediterrânea.