13. mai, 2014

"A ESCOLA DO MESTRE" - Aula 17

"NÃO DÊ AS COISAS SANTAS AOS CÃES - NÃO DÊ PÉROLAS AOS PORCOS".


Mais uma aula tirada de nosso MESTRE. Espero que entendamos o sentido verdadeiro das VERDADES ditas por ELE e para ajudar uma dica: Ele nunca tentou ensinar como se portar para ganhar este mundo, ao contrário, Ele ensina que os que ganham este MUNDO pode perder o seu REINO.

 

Ganha a outra VIDA, a ZOÊ, se perder esta, a VIDA BIOLÓGICA, mas também nos dá uma dica para vivermos bem na vida TRANSITÓRIA: "Busquem o meu REINO e a JUSTIÇA existente nele que estas demais coisas (na terra) lhe serão dadas como ACRESCEMO".

Nossa aula de hoje tem dois animais citados por Jesus: O PORCO e O CACHORRO.

 

O PORCO: animal abominado pelos judeus (judaísmo - religião), mas de uma carne muito saborosa, no entanto, chamada de IMUNDA - contamina o CORPO FÍSICO e, para o judaísmo, o CULTO EXTERNO sempre foi seu clímax maior - o auge de contemplação - portanto a APARÊNCIA sempre foi importante, já o que se fazia ou faz por "debaixo dos panos" isto não tem nenhum problema (pra eles). O que não se vê não se pobe cobrar. Ledo engano, pois eu posso esconder tudo dos homens e das religiões, mas tudo é patente aos olhos de Deus, pois "DEUS não vê como vê o homem". (1 Samuel 16:7)


Na manifestação à Pedro sobre estes MANDAMENTOS CERIMONIAS Deus lhe dá uma visão de um lençol com alguns animais que estavam fora do CARDÁPIO dos judeus e a ordem era que Pedro matasse e comesse e Pedro diz que nunca comeu coisas imundas, ou seja, que não se contaminava com o que entrava em sua boca e Deus o responde dizendo: "Não faça imundo o que purifiquei". (Atos 11. 1-18)


Ainda mantemos firmes estes MANDAMENTOS CERIMONIAIS em nossas igrejas e em nossa forma interpretativa de entender a BÍBLIA e por conta destas HERMENÊUTICAS se levantam religiões separatistas dizendo o que devemos ou não fazer em relação aos USOS e COSTUMES.


Ainda estamos cheios de PRECONCEITOS quando o MESTRE nunca fez e ainda ensina a IGREJA que não faça distinção de pessoas, mas que alcance a todos e sem distinção, pois na verdade todos nós estávamos no LENÇOL e que as RELIGIÕES ainda chamam de IMUNDOS e que Jesus insiste já ter PURIFICADO.


No DECÁLOGO - OS DEZ MANDAMENTOS se dividem em duas partes importantes:


1ª - AS QUATRO primeiras (LEIS MORAIS) tratam das OBRIGAÇÕES dos homens para com DEUS e

2ª - AS SEIS últimas (LEIS CERIMONIAIS) tratam das obrigações dos homens para com o homem.

 

Este texto, usado pelo MESTRE que se refere a estes dois animais me chama muito a atenção e me liga imediatamente a SALOMÃO que diz não haver diferença entre os irracionais e os racionais, afinal para onde vai um vai também o outro (Eclesiastes 3. 18-19). Me chama a atenção um outro texto em Marcos quando se fala da oração dos enviados com seus sinais acompanhando-os e entre eles este: "e, se algumas coisas mortífera beberem, não lhes fará mal; e se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados" (Marcos 16:15-17). Isto está dizendo que Ele estava e está se responsabilizando com os ENVIADOS até mesmo com a SAÚDE deles, portanto que comessem e bebessem sem preocupação, pois a ORAÇÃO os livraria do mal. PORCO e etc., já não era motivo de preocupação. Que não perguntassem o que estava na messa para comer para não levantar a dúvida do escândalo, mas comessem e acreditassem na GRANDE COMISSÃO.


Quem hoje as RELIGIÕES compara aos PORCOS segundo o costume dos JUDEUS?

Quem hoje está fora do AMOR DE DEUS?

Quem hoje está a margem da CRUZ?

Quem hoje não pode participar da COMUNHÃO DOS SANTOS?

Quem hoje, no LENÇÃO HUMANO, não pode ser MEMBRO DE CRISTO?


Se me permitirem respondo: Ninguém está excluído do AMOR de DEUS, pois Deus amou de tal maneira o MUNDO que doou, trocou seu FILHO, para que todo aquele que nele crer tenha a VIDA ZOÊ (eterna). João 3.16


A incapacidade está exatamente em todos que cometem o único pecado que não tem PERDÃO: "A BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO" que nada mais é que invalidar o AMOR DE DEUS e achar o PECADO maior que A GRAÇA PERDOADORA de CRISTO JESUS. Colocar parâmetros neste AMOR, dizendo que este ou aquele...DEUS não tem como fazer. Portanto, impossibilitar DEUS com este ou aquele pecado, com esta ou com aquela CASTA significa FREAR DEUS em sua maravilhosa CARREIRA de SALVAÇÃO.

 

Amanhã escreverei sobre o outro animal - O CACHORRO.

 

por Israel Sarlo