5. jul, 2014

"A ESCOLA DO MESTRE" - Aula 34

"POR QUE TE ABATES MINHA ALMA E TE COMOVES PERDENDO A CALMA?"

 

Logo, no capítulo cinco de Mateus, início do MINISTÉRIO TERRENO DO MESTRE, Ele percebendo que estava atraindo multidões, chama-as a um monte e alí começou a ensinar a todos.

 

Eram várias as necessidades, afinal Israel estava sob jugo romano. Havia uma grande confusão de línguas, de filosofias, doutrinas tanto religiosas como políticas. A fome consumia o povo e os impostos tirava de todo povo Hebreu sua dignidade, saúde, fé, amor e a certeza de dias melhores.

 

O povo precisava urgentemente de um LÍDER. Creio que pensava na possibilidade de um novo MOISÉS.

 

Havia uma profecia antiga de um MESSIAS que viria libertar o povo, mas nunca imaginariam que seria um homem da TRIBO de JUDÁ, da região da GALILEIA, tem até um texto que diz se destas paragens podeira saria alguém que prestasse. "Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê." (João 1:46)

 

Mas as necessidades eram enormes e ELE chega com trinta anos com mãos calosas, musculos rígidos e sem beleza aparente nenhuma, segundo o retrato falado do Profeta Isaías ("Ele não tinha beleza, nem formosura e, olhando nós para Ele não havia boa aparência Nele, para que O desejássemos". [Isaías 53:2]), e se fez acompanhar de doze homens simples, sem notoriedade política ou mesmo religiosa, um exército de doze "mortos de fome", mas que se deixaram lapidar pelo CARPINTEIRO DE NAZARÉ.

 

Não estamos diferentes hoje daqueles dias. Estamos esperando exatamente a mesma coisa que os hebreus da época esperavam: Mudanças radicais e espetaculares. Esperamos ver destruídos todos os nossos problemas para desfrutarmos a famosa "sombra e água fresca".

 

É claro que Ele já havia resolvido seu problema nos dias que ficou no deserto, afinal Ele queria o poder político em sua mãos e podia mudar toda a situação de submissão escrava de seu povo, mas disse não ser a NAÇÃO DE ISRAEL o REINO de seu PAI. Ele sabia que todo o problema social e político de seu povo era um problema criado por ela mesmo. O problema era de base, de raízes, portanto era lá que estava a doença e seria lá o local onde o machado teria que cortar.

 

Ele então disse a este povo desesperado de tudo:


"... nada mais têm para oferecer. Quando você saem de cena, há mais de DEUS e do seu governo" (Mt. 5:3) - Os pobres de espírito são os que sabem que nada sabem e esperam do GOVERNO MAIOR;
"... os que sofrem por perdas, mas acham abraços do amor supremo" (v.4) - são sempre consolados;
"... se contentam com o que são, pois assim verão como os orgulhosos dono de tudo não podem sere comprado" (v.5) - a terra será dos mansos como herança;
"... os que sentem fome de Deus. Ele é comida e bebida - alimento incomparável" (v. 6) - serão fartos;
" que se preocupam com o bem-estar dos outros. Na hora em que precisarem de ajuda, também receberão cuidado" (v.7) - os misericordiosos - alcançarão misericórdia;
" os que puseram em ordem seu mundo interior, com a MENTE e o CORAÇÃO no lugar certo. Assim, vocês poderão ver Deus no mundo exterior" (v.8) - os limpo de CORAÇÃO verão a Deus;
"... que conseguem mostrar que COOPERAR é melhor que BRIGAR ou COMPETIR. Desse modo, irão descobri quem vocês realmente são e o lugar que ocupam na FAMÍLIA de Deus" (v. 9) - os pacificadores filhos de Deus;
"... vocês, cujo compromisso com Deus atrai perseguição. A perseguição os fará avançar cada vez mais no REINO de DEUS" (V.10) - os sofredores por serem justo em Deus;
"E isso é tudo. Considerem-se abençoados sempre que forem agredidos, expulsos ou caluniados pra me desacreditar. Isso significa que a verdade está perto de você o suficiente para os consolar - consolo que os outros não têm. Alegrem-se quando isso acontecer. Comemorem, porque, ainda que eles não gostem disso, eu gosto! E os céus aplaudem, pois sabem que vocês estão em boa companhia. Meus profetas e minhas testemunhas sempre enfrentarem essa mesma dificuldade" (vs 11-12 versão A Mensagem).

 

Gostaria que estas BEM-AVENTURANÇAS você fizesse uma aplicação em sua vida e busque em cada um destes ITENS, a FERRAMENTA que servirá perfeitamente para aquilo que você chama de problema, digo, que você acha, porque Ele na cruz levou todos os nossos problemas. O que temos hoje é apenas um EXERCÍCIO para a MEMÓRIA, lembrar onde teríamos caído e dá a Ele todas as honras, pois não dá para imaginar onde estaríamos sem Ele e o que hoje faríamos sem Eles nestes nossos EXERCÍCIOS DIÁRIOS.

 

Abraços e obrigado.

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida