16. out, 2014

INTERPRETAÇÕES DO HEBRAICO - (Aula 27)

Qualquer estudante de hebraico sabe como é difícil algumas vezes identificar a raiz de uma forma verbal. Não é de admirar que o próprio texto bíblico, apresente algumas vezes, duas leituras variantes ocasionadas pela diferente identificação da raiz verbal. Vejamos:

 

"Moisés desobedeceu uma ordem de Javé em Meriba e não pode entrar por isso na Terra Prometida" (Nm. 20:2-13). A passagem de Dt. 1:37 pretende exonerar Moisés de tal culpa, carregando-a sobre o povo e seu conjunto. Também no Sl. 106:32-33 encontra-se esta mesma interpretação com o seguinte texto: "Eles (o povo) enfrentaram (a Javé) nas águas de Meriba..., pois tornaram amargo o seu espírito".

 

O interessante assinalar aqui é que o texto hebraico consonântico permite uma dúplice leitura e, em consequência, um duplo significado: a leitura do TM himrû, "rebelaram-se" (da raiz mrh) e outra baseada na raiz mrr, com significado de "tornaram amaro", "amargaram" (cf. BHS). As interpretações homiléticas dos rabinos jogavam frequentemente com esta duplicidade de significados.

 

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida