10. mai, 2015

DESAFIO - A BÍBLIA TRILÍNGUE - Aula 42

O descobrimento do acádico no século XIX e do ugarítico e eblaíta neste século permitiu conhecer o semítico anterior à Bíblia, que ajudou a esclarecer os primeiros passos do hebraico e das formas literárias da Bíblia. A filologia bíblica moderna se divide em múltiplas especializações, segundo a língua utilizada para comparação dos textos bíblicos: trilinguismo hebraico-aramaío-árabe, trilinguismo hebraico\aramaico-grego-latim e trinlingüismo hebraico\aramaico-ugarítico-acádico.

 

O biblista deve formar-se em ao menos um destes trilinguismo. É preciso reconhecer, por outro lado, o cruzamento influências entre estes trilinguismos e a relação com outras línguas orientais (siríaco, etiópico, copta, armênio etc.) O estudo de numerosos escritos apócrifos do AT e inclusive do NT exige a análise de fontes conservadas somente nestas línguas.

 

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida