8. ago, 2014

"ESCOLA DO MESTRE" - Aula 40

TEMPLO DE SALOMÃO - PARTE 1/2

 

"Tendo Jesus saído do TEMPLO, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos para lhe mostrar as CONSTRUÇÕES do TEMPLO. Ele, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada" (Mateus 24:1,2).

 

A idolatria do povo judeu, através do fetiche que sua religião, O JUDAÍSMO, exercia sobre ele era tão grande que a palavra IDOLATRIA caiu como uma luva sobre este povo e sua religião.

 

No deserto, perto do SINAI, onde MOISÉS havia recebido o DECÁLOGO por mãos de anjos (Atos 7 - OS DEZ MANDAMENTOS) o povo com sua religião não perdeu tempo, usando o SUMO-SACERDOTE Arão, irmão de Moisés, fundiram um DEUS DE OURO em forma de bezerro e cantaram, adoraram, fornicaram, prostituíram e adulteraram entrando em êxtase esquecidos de sua saída da ESCRAVIDÃO do EGITO.

 

No deserto foi criado o TABERNÁCULO onde se diziam estar o "DEUS" deles e em nome deste mesmo "DEUS" saquearam, mataram e roubaram tudo e a todos que encontravam em seu caminho para uma terra que diziam – PROMETIDA. O engraçado que após os quarenta anos perdidos e andando no mesmo lugar fazendo um oito, morreram todos no deserto, chegando a CANAÃ os filhos nascidos neste mesmo deserto. Somente Josué e Calebe, os saídos do Egito entraram no FAMOSO DESCANSO DOS JUDEUS.

 

Chegaram a Israel e este povo foi dividido em doze tribos. Construíram o TEMPLO de SALOMÃO com todo o material deixado pelo segundo rei de Israel – DAVÍ. Salomão filho de Davi com a concubina Berseba, mulher de Urias, morto por Davi. Este templo foi destruído no ano 70 e depois reconstruído. Virou um mercado e lá Jesus os expulsou por estarem fazendo do TEMPLO mercado. Foi nesta gloriosa obra, junto com todos os seus discípulos que o MESTRE disse que dele, do TEMPLO não ficaria PEDRA SOBRE PEDRA, tudo viria ao chão, afinal não havia mais glória nele. O judaísmo havia passado. Agora seria uma NOVA ALIANÇA. Outro PACTO. O tempo do SACERDÓCIO LEVÍTICO havia passado, agora seria outra ordem: a ORDEM SACERDOTAL DE MELQUISEDEQUE.

 

Jesus pregou o EVANGELHO. Trouxe-nos Boas Novas. O templo foi destruído e agora, em plena DISPENSAÇÃO DA GRAÇA, o TEMPLO DE SALOMÃO é erguido novamente na AMÉRICA do SUL, claro, sem O SHEIGNAR – a presença de DEUS. Novamente o TEMPLO existe para dele se fazer mercado, ganhar dinheiro os novos "sacerdotes" que não pertencem nem a VELHA e muito menos a NOVA ALIANÇA. Não são nem LEVITAS e nem muito menos MELQUISEDEQUE.

 

Meu desejo e votos? Que todas as pessoas que estiverem sob a MALDIÇÃO da LEI, não caiam como caíram os dois TEMPLOS, e sem dúvida o terceiro nesta mistura de RELIGIÃO e LEI.

 

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida