22. set, 2018

CRESCA NAS TRIBULAÇÕES

Sabemos que Deus não faz acepção de pessoas. Não existe favorecimento para este ou para aquele - Ele ama a todos igualmente, portanto esta ou aquela ação política não faz mudar O DOM DE AMOR DE DEUS.

O porque das vidas das pessoas terem somatórias diferentes, nem sempre, para muitos agradáveis, outros ruins, envolvendo lutas nas finanças, doenças, riqueza, prosperidade, morte e etc., não está na vontade de Deus o seu fracasso ou seu sucesso, pois não somos marionetes nas mãos de um DEUS que brinca com nossas vidas, criando emoções positivas ou negativas, causando problemas sociais diferentes, doenças, cadeias e loucuras.

Claro, somos resultados de nossas ESCOLHAS que, por sua vez, criam nossas CIRCUNSTÂNCIAS e toda nossa vida se torna CIRCUNSTÂNCIA PARADISÍACA ou PARASÍTICA ou CIRCUNSTÂNCIA DESÉRTICA.

Quando Josué separa os dois grupos para chegar à JERICÓ, cidade além do Jordão o primeiro grupo só enxergou dificuldades:

- MUROS ALTOS E LARGOS;

- GIGANTES ENORMES;

- SE SENTIRAM C OMO GAFANHOTOS;

- VISÃO DE MEDO QUE FAZ RECUAR;

- VISÃO QUE TIRA A RAZÃO.

Já o segundo grupo foi otimista, sem duvida percebeu os perigos registrados pelo 1º grupo, mas o enxergar do segundo grupo barrou o ver do primeiro:

 

- A TERRA EMANA LEITE E MEL;

- ENXERGARAM QUE A TERRA ERA PRÓSPERA E CONVIDATIVA;

- O ASPECTO É DE CANAÃ O ELDORADO DOS HEBREUS.

Não ficou em falácias medrosas e cheia de ostracismo, covardia e visão míope, trouxeram cachos de uvas trazidos por dois homens. Haviam provas que fizeram os Hebreus vencerem gigantes e não se manterem pequenos como gafanhotos diante do Jordão e dos muros altos e largos de Jericó.

Eu sou um idoso, simpático rsrs, beirando os meus 80 anos. Todos os meus desejos em ter bens em minha juventude tive que afogá-los nos mares das CIRCUNSTÂNCIAS da época  criada por todas as minhas escolhas, pois não podia ficar nas margens de meu JORDÃO, a família me empurrou por água a dentro sem saber nadar. Não conhecia as muitas opções, pois a prioridade era a de sobrevivência. Só conheci os “nãos” da dura e amarga vida. Muitas tristezas que logo se transformaram em ódio, pois só transferia todo insucesso à outras pessoas e nunca para as minhas ESCOLHAS.

Resolvi então assumir minhas escolhas e com elas os meus erros. Foi então que entendi que toda minha fisiologia não dependia dos outros, naturalmente meu corpo respondia de acordo com o que bebia, comia e dormia, portanto tudo dependia da inteligência funcional do meu físico segundo o combustível que eu o abastecia. Aí caiu a minha ficha. Minha vida social, moral, humana e espiritual também dependia do combustível que abasteceria minha mente. Então tiraria as transferências de culpa que eu colocava nos outros, assumiria minhas ESCOLHAS retirando ódio, politicagem, baixa consciência, baixa autoestima... Entendi o significado de METANOIA na minha vida. Precisava da transformação do entendimento. Precisava escolher os bons pensamentos e os sentimentalizá-los.

Comecei a usar “números”. Aprendi subtrair o que não servia em minha vida. Dividir o mau em relação ao mal e aí a soma e multiplicação do que é bom passou a ser clara em minha vida e foi assim que deixei o 1º grupo e assumi o 2º grupo de olheiro em direção a CANAÃ.

Não se perturbem com as derrotas, mas também não se iludam com os sucessos, se não houver visão inteligente ambos serão impostores em suas vidas.

DERROTAS quando geridas inteligentemente passam ter sinônimo de TRIBULAÇÃO que produz: PACIÊNCIA; EXPERIÊNCIA e a ESPERANÇA.

SUCESSO VERDADEIRO só é duradouro quando cresce nas TRIBULAÇÕES travestidas de DERROTAS. Você pode mudar isto, pois isso eu sofri em minha vida de maneira quase mortal em minha vida física, social, moral e espiritual. Não foi fácil, mas, como podem notar, estou entre vocês compartilhando minhas experiências e gratidão em Cristo.

 

Por Israel Sarlo