29. jun, 2020

ESTUDO DO LIVRO DE JÓ - Parte 01

A BÍBLIA é composta de 66 LIVROS e esses não estão postos em ordem cronológica, sendo assim, torna complexo o estudo destas ESCRITURAS. Literatura não é para todos, pois o pilar EDUCAÇÃO não é de interesse em quase todos os países, daí apenas leituras sumárias sem nenhum comprometimento com a leitura, e, BÍBLIA  não apenas se lê. Seus livros só serão compreendidos se forem ESTUDADOS. 

Para uma compreensão, no mínimo, razoável, precisamos nos situar com as histórias e geografias na BÍBLIA, lembrando sempre que, principalmente a geografia passou por mudanças territoriais e, consequentemente, novas bandeiras, costumes, usos políticos e religiosos tomaram rumos diferentes, alterando também seus antigos nomes pátrios.

Como mencionado, a BÍBLIA não é fácil de ser compreendida, basta observarmos as muitas religiões tiradas de seu universo literário. Basta, via história, acompanharmos os absurdos religiosos, como guerras, divisões de países, mitologias, clãs conquistando terras, morte dos mais fracos em nome do DEUS DA BIBLIA, daí uma pergunta de Paulo em  1ª  Coríntios 1:13: “Acaso Cristo está dividido? Foi Paulo crucificado por vós? Ou fostes vós batizados em nome de Paulo?”.

Como estudar a BÍBLIA? Bem, a BÍBLIA tem duas importantes divisões: Velho e  Novo TESTAMENTO. A BÍBLIA é repleta de figuras de retóricas. Sua simbologia não pode, como muitos fazem, ser considerada ao pé da letra, pois, segundo Paulo em 2ª Coríntios 3:6: “o qual também nos capacitou para sermos ministros duma nova aliança, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica”. É necessário entender também as muitas traduções bíblicas, buscando sua origem, se vem da SEPTUAGINTA, tradução grega, ou de sua cópia, a VULGATA, traduzida em latim em Alexandria, norte da África.

Voltando a pergunta sobre como estudar AS ESCRITURAS: Escolha um dos sessenta e seis Livros e faça uma leitura comum e, ao buscar e consultar fontes informativas, estamos cheias delas, desarme sua mente da religiosidade. Com um bom dicionário em mãos e divida o Livro escolhido em tópicos. Sem pressa, crie um bom esboço e vai colocando as informações, sejam elas contraditórias ou não e, sem dúvida o EVANGELHO  será seu diapasão para eliminar tudo que for apócrifo, tudo que não vem de Deus, ficará apenas a essência.

Baseado nessas dicas, a seguir disponibilizo dois esboços sobre o Livro de Jó. Desse modo, teremos dois parâmetros para você escolher. Sendo um esboço que eu fiz e o outro conforme a tradução King James. 

I - MEU ESBOÇO DO LIVRO DE JÓ –

1º - JÓ;

2º  - ELIFAZ (Jó cp.15);

3º  - ZOFAR (Jó  cp. 20);

4º  - BILDADE (Jó cp.25);

5º - ELIUL (Jô cps. 33 – 37) 3) e

6º - YAHWER (Jó cps. 38 – 42).

 

II - ESBOÇO DA TRADUÇÃO REI JAMES:

1.História de Jó (1 e 2);

a.Jó e família (1:1-5);

b.A luta de Jó (1:6; 2:13);

 

2.Diálogo e Consternação (cps. 3-27);

a.Jó não conformado (Cp.3);

b.Conselhos de amigos e respostas (cps.4-14);

c.2ª etapa de conselhos e respostas (cps. 15-21);

d.3ª etapa de conselhos e respostas (cps. 22-26)

e.Últimas ponderações assertivas de Jó (cp.27)

 

3.A Questão da Sabedoria (cp.28);

 

4.Monólogo Reflexivo e Clamores de Jó (29:1 – 42:6);

a.Jó  pede socorro (cps.29-31);

b.Discurso de Eliul (cps.32-37);

c.Deus Responde à Jó (cps 38-40:2).

 

5.A Restauração de Jó (cp.42:10-17).

Por Israel Sarlo

 

Insta: @blogocaminho

www.ocaminhoeavida.com

www.facebook.com/caminhoeavida

Contato: ocaminhoeavida@hotmail.com