22. ago, 2020

ESTUDO DO LIVRO DE JÓ - Parte 10

JÓ, em seus questionamentos, achava suas respostas nas suas religiões mentais. JESUS, em seus questionamentos, sempre teve suas respostas NO EVANGELHO.

JÓ tinha três amigos. JESUS três apóstolos mais chegados. JÓ teve um amigo, Eliu, que o levou a Deus. JESUS teve um amigo, Espirito de Deus,  que não nos deixou na orfandade.

Hoje vamos ao CAPÍTULO 12 do Livro de Jó.

JÓ, desesperadamente tenta, sem conhecimento real de seu Deus, se defender das acusações do amigo Zofar. Logo em Jó 12: 1, 2, ele se defende ao questionar o amigo e a humanidade e afirma que a sabedoria humana é  mortal. Ele se iguala aos críticos e à humanidade quando diz ter o mesmo coração: 

1º- MENTE;

2º- VONTADE;

3º- EMOÇÃO e

4º- CONSCIÊNCIA.

Claro que CONSCIÊNCIA de Deus nosso JÓ ainda não o exercitara, estava em “TRIBULAÇÃO” sem entender que esta o levaria, caso tivesse CONSCIÊNCIA em exercício, à paciência, experiência e à esperança. Nesta caso o dogma religioso das comunidades chamadas CRISTÃS estava indo para o brejo – JÓ NÃO TINHA PACIÊNCIA. A paciência de Jó é um blefe.

No (v.4.) Jó reclama da zombaria dos amigos. Dos escárnios e zombarias, de seus amigos, ele Jó  um “IRISSÃO" para todos. Ele ainda se julgava reto, cultuador de Deus e alvo das respostas do Senhor. Ainda neste capítulo 12 de Jó, ele confessa que as casas (tendas) dos injustos são mais seguras que as tendas do justo. Note na teologia comum dos religiosos nesta comparação absurda, já que Deus não age desta maneira. “Seguras são as tendas dos assolados e seguros os que provocam Deus.” E, para surpresa de todos nós, Deus é inferiorizado, pois são às alimárias que ensinam aos homens juntamente com as aves. Fala do diálogo com a terra e esta dará respostas ensinando à todos sobre a vida. Jó não entendia que o homem foi criado reto e cabeça da criação e nunca o contrário. Jó estava conectado a vida biológica e distante da VIDA ESPIRITUAL (ZOÊ).

No (vs.9,10) temos um texto importante: “Qual dentre todos estes não sabe que a mão do Senhor fez isto? Na sua mão está a vida de todo ser vivente, e o espírito de todo o gênero humano”. Na minha versão em vez da “vida de todos,” consta a palavra “alma de tudo que vive". Alma de tudo que vive? Sim! Todo ser vivente tem alma e Salomão adverte sobre isto, dizendo que não existem diferenças entre os homens e animais, pois para onde um vai o outro também: Eclesiastes 3:19-21 “Pois o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos brutos; uma e a mesma coisa lhes sucede; como morre um, assim morre o outro; todos têm o mesmo fôlego; e o homem não tem vantagem sobre os brutos; porque tudo é vaidade. Pois o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos brutos; uma e a mesma coisa lhes sucede; como morre um, assim morre o outro; todos têm o mesmo fôlego; e o homem não tem vantagem sobre os brutos; porque tudo é vaidade. Todos vão para um lugar; todos são pó, e todos ao pó tornarão. Todos vão para um lugar; todos são pó, e todos ao pó tornarão”.

Mas, se cuidadosamente estudarmos esta fala do Rei Salomão vamos para o texto base:  Eclesiastes 12:7 “e o pó volte para a terra como o era, e o espírito volte a Deus que o deu”. 

Jó, continuando no (v.10) coloca as divisões do ser humano em estado de CAOS, mistura carne humana (corpo físico) com alma e espirito. Ele precisava da “ESPADA DE DOIS GUMES" para por em ordem seu SER: Hebreus 4:12,13 

“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas”.

Ele achava que o tempo na terra (idosos) estava a sabedoria  abundante e o entendimento, força e conselhos, e, segundo as três ESCOLAS nos mostram muitos jovens sábios, sapientes, não esquecemos do Mestre, que aos doze anos dava aulas profundas do REINO DO PAI. Ele está comparando Deus aos idosos? Será que entendia de ETERNIDADE ou de TEMPORARIDADE?  

Se formos direto aos (vs. 24,25) Jó  diz que a humanidade, o homem, se Deus quiser  muda seus corações,  faz o homem um nômade em desertos e em trevas a palpadelas, sem luz os endoidecem como ébrio? Qual seria para Jó a estrutura de seu deus? Bem, leiam o capítulo 13 e não deixem de perceber que neste capitulo (v.19) ele fala da rendição de seu espírito. Indaga seus pecados, suas culpas. Pede para Deus o notificar  de suas transgressões e pergunta se Deus é seu inimigo (vs.19-24). Até ao último versículo Jó confunde seu desabafo, se era dirigido ao amigo ou a Deus, não importa, pois não conhecia nem um e nem o outro.

Por Israel Sarlo

 

Insta: @blogocaminho

www.ocaminhoeavida.com

www.facebook.com/caminhoeavida

Contato: ocaminhoeavida@hotmail.com