5. abr, 2015

OS CÉUS E A TERRA - Aula 75

NO PRINCÍPIO - Uma Ordem Intemporal.

 

Com o objetivo de entender como será o céu, devemos começar com um entendimento das coisas no distante princípio, quando Deus fez os céus e a terra. Olha para trás, na direção daquilo que ele fez para nosso começo (Éden), nos dará uma boa idéia daquilo que Deus preparou para nosso fim (céu).

 

Todo o céu e a terra, que Deus criou no princípio, é chamado de cosmos. Um olhar na direção do cosmo – como ele foi criado e como é – será a primeira peça de canto do nosso quebra-cabeça. A palavra “cosmos” tem origem na palavra grega kosmos. Do mesmo modo que outras palavras conceituais, ela pode ter diversos significados, dependendo do contexto de uma sentença, mas seu sentido básico é “um arranjo, um adorno, uma ordem”. Essa ordem é um dos mais importantes princípios ou conjuntos de leis que mantêm juntas as peças individuais do mundo, dando sentido ao todo.

 

Filósofos como Aristóteles procuram definir a ordem unificadora do mundo físico. Um dos mais duradouros legados da filosofia grega é a noção de que o cosmos como um todo é de tal maneira ordenada que dê propósito e sentido para toda a vida. De acordo com Aristóteles, a razão e a observação humana podem e devem descobri a ordem intemporal, que é o mais profundo significado das coisas físicas e temporais. Por causa disto, tanto os filósofos quanto os cientistas estão procurando a mesma coisa – um, intuitivamente, o outro, empiricamente.

 

A ordem do cosmo criado por Deus não foi arbitrariamente escolhida. A ordem de Deus é uma coisa bela, viva e boa. Ao fazer o projeto paisagístico de um empreendimento, um arquiteto pode fazer a disposição das plantas em ordem alfabética de nome. Mas isso não seria garantia de dar ao lugar a melhor aparência possível. O que faz um ambiente bonito tem mais a ver com as qualidades de cada planta, árvore ou arbusto e como eles convivem juntos.

 

Seja um talento natural ou adquirido, combinar as coisas para que a aparência geral seja adequada é uma característica que falta à maioria de nós. Nem todo mundo tem “olho para ver”. Os decoradores; por exemplo, têm a capacidade de fazer uma sala comum parecer extraordinária, porque sabem que cores devem ser colocadas juntas e quais não devem. Eles pensam em termos de simetria, textura e motivos. A maioria de nós diz “uau, que cadeira bonita!”. Peça a uma pessoa “com olho” e outra “normal” para decorarem salas idênticas usando as mesmas peças de mobília, as mesmas molduras de janelas (a palavra que os decoradores usam para “cortina”) e os mesmos acessórios, e você terá dois kosmos de aparência completamente diferente.

 

Deus é o Criador do cosmos e de todos os seus componentes, e ele é quem sabe melhor combinar as partes para declarar sua majestade e glória (Sl. 19:1; 97:6). É por isso que, depois de terminar a Organização, ele disse: “É bom!” (Gn. 1:31). Quando Deus organizou os mundos, tudo era fabuloso. Cada parte estava decorada e localizada para a maior beleza e o melhor efeito.

 

Leia também o material anterior: CLIQUE AQUI

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida