20. set, 2015

ESCOLA DO MESTRE - Aula 100

A INDÚSTRIA DA CURA & DINHEIRO NAS COMUNIDADES RELIGIOSAS 

 

“... Olha, não o digas a alguém, mas vai mostra-te ao sacerdote e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho” (Mt. 8:4b).

 

Seria bom também olharmos Mateus 4: 23-25 que diz:

“E percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas suas sinagogas, e pregando o EVANGELHO do REINO, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. E a sua fama correu por toda a Síria; e traziam-lhe todos os que padeciam tormentos, os endemoninhados, os lunáticos e os paralíticos, e ele os curava. E seguia-o uma grande multidão da Galileia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judeia e dalém do Jordão”.

 

Estes dois textos nunca poderiam dar a interpretação para a INDÚSTRIA DA CURA e para o MERCADO RELIGIOSO DO DINHEIRO.

 

No texto de Mateus 8, um leproso com o grande mal daquele século que causava repulsa, pois a doença era contagiosa e o indivíduo que contraia tal mal, além de perder seus membros apodrecidos, era execrado da comunidade, isto é, não podia viver em comunidade, era levado para longe, para um leprosário. Não sabemos o que este homem fazia ali, onde Jesus estava, mas é claro que já conhecia a fama do Mestre. Notem que este homem estava convencido, em sua ALMA, na parte EMOCIONAL dela, onde a carência em alta exatamente pelo medo da doença e da lei médica e religiosa em apartá-la tanto da sociedade como da vida, despertou seu termostato e dentro dele havia esta grande necessidade: a da CURA. 

 

Analisando friamente o texto vamos descobrir que:

 1º - O CRER era do doente: “... Senhor, se quiseres, pode tornar-me limpo...” (v2);

 2º - O QUERER sempre será do MESTRE na união com o CRER do necessitado;

 3º - A CURA se dá mediante estes dois componentes – O CRER E O QUERER.

 

No versículo 04, o CRER e o QUERER, que gerou a CURA, teriam que ficar no anonimato para todos, exceto para o SACERDOTE que se dizia defensor da LEI MOSAICA.

 

O MESTRE nos dá uma aula fantástica: “... não digas a alguém” nem mesmo ao SACERDOTE, pois a este apenas “Mostra-te e apresente a oferta que Moisés DETERMINOU, para lhes servir de TESTEMUNHO”.

 

Perceberam que somente neste momento, após o CRER do doente, o QUERER do MESTRE e a CURA é que aparece DINHEIRO em forma de OFERTA? Perceberam que a OFERTA aparece somente para TESTEMUNHAR para o SACERDOTE e ao mesmo tempo para aplacar sua ira contra o fato entre o LEPROSO e o MESTRE? Perceberam que a OFERTA entra neste cenário, segundo o MESTRE, por determinação de Moisés?

 

A INDUSTRIA DA CURA & DINHEIRO nas comunidades religiosas tem sim o APELO DA LEI, aliás a LEI nada fez ou faz sem DINHEIRO e para atraí-lo nada mais natural do que a natural necessidade do povo: necessidade de saúde, educação, segurança e pão e isto as religiões fazem muito bem, usando na ALMA dos povos A EMOÇÃO CARENTE de governantes hábeis e (des)humanos. A ALMA do povo está como se fosse uma esponja, tudo absorve exatamente pela a terrível CARENCIA, ou NECESSIDADE de tudo e de todos, assim como estavam os povos na época do MESTRE e na época APOSTÓLICA.

 

No texto de Mateus 4:23 a 25 encontramos um relato fantástico. Mateus é claro quando diz que o MESTRE ia a todos os lugares ENSINANDO nas suas sinagogas, pregando o EVANGELHO do REINO e notem que nem os livros biblicos de MATEUS, MARCOS, LUCAS e JOÃO haviam ainda sido escrito.

 

Não é hora de entendermos que após o que ensinava, conseqüentemente os SINAIS de Marcos vs. 15 vinham? Será que estamos esquecidos que foi pela PALAVRA que os mundos foram criados? Será que estamos esquecidos de João 1 que diz que o VERBO – PALAVRA, se fez carne e habitou entre nós, exatamente para expor as VERDADES DO REINO e que neste REINO a LEI que opera é A LEI da CURA, tanto do CORPO como da ALMA? E que neste REINO a MOEDA VIGENTE não é o REAL, o DÓLAR e etc.? Mas mesmo assim, o importante não era o PROPAGAR da CURA FÍSICA, mas as verdades do REINO com suas JUSTIÇAS, pois todas as demais coisas viriam como acréscimo, pois era isto que o MESTRE fazia.

 

Entendemos muito bem o relato de Mateus no versículo 24 quando dizia da fama do MESTRE e percebam que sua fama estava sendo a de quem faz “MILAGRE” e MILAGRE tem dois importantes componentes descritos acima, mas pode e isto esta cada vez mais evidente, os homens usam a EMOÇÃO para despertar o termostato dos indivíduos e assim a “CURA” do corpo acontece, como acontece em todas as religiões, independentemente de serem cristãs ou não (são inúmeros os relatos e evidencias de milagres, curas realizadas em centro espírita, macumba, igrejas católicas, igrejas evangélicas, etc).

 

Em Marcos 1: 43 o MESTRE advertiu severamente a este leproso que não propagasse a CURA e que oferecesse oferta por sua purificação, era da LEI cobrar. Este relato também o achamos em Lucas 5:12ss.

 

Está escrito que o conhecer a VERDADE esta VERDADE os liberta em todas as áreas de nossa vida e isto requer conhecimento do EVANGELHO, caso contrário todos os “BENS” em nossas vidas serão apenas benefícios temporários da INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL que tem aparência de alguma coisa, mas coisa nenhuma significa, pois tudo que é temporal termina sob uma LÁPIDE QUALQUER.

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida