20. nov, 2015

ESCOLA DO MESTRE - Aula 102

“Trouxeram-lhe, então, algumas CRIANÇAS..., mas os discípulos os repreendiam. Jesus, porém, disse: ‘Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a mim...’”. (Mateus 19:13-15)

 

Que aula O MESTRE nos traz neste texto, mas será preciso entenderda essência existente na CRIANÇA. Entender a verdadeira missão de um DISCIPULADO e o que significa “não os embaraceis...”. O que seria então o embaraço?

 

Este verbo – TRAZER tem para mim o sinônimo de MISSÃO, CUIDADO e AMOR e estas três palavras estão ocultando outra – A NECESSIDADE. Quando o texto diz: “Trouxeram-lhe...,” as crianças foram até Ele, pois necessitavam que o MESTRE impusesse-lhes a mão e orasse pelos pequeninos. Tinham algum pecado? Não! Mas seria a garantia de serem despertados para as bênçãos que já haviam neles antes que o mundo fosse formado (Ef. 1:3). Levados ao MESTRE para não se esquecerem, quando adultos, que o DOADOR da VIDA os havia alertado das BÊNÇÃOS existentes neles, nos pequeninos.

 

Quando falamos em DISCÍPULOS estamos falando de ALUNOS e não de velhas raposas cheias de artimanhas, mas sim de homens que ainda nada sabem do REINO que se dizem representantes e muito menos do senhor dele neste caso O NOSSO MESTRE. Precisamos, antes de termos sob nossos cuidados, saber qual a nossa real situação como cristão. Como nos avaliamos diante de nossos pequenos como guias morais, sociais e espirituais dos mesmos. Ter cuidado quando se repreende uma CRIANÇA, pois tal atitude pode esta o impedir de chegar ao MESTRE e este o fazer ver as BÊNÇÃOS já existentes nele.

 

Tenho estado muito preocupado com a juventude de nosso planeta. Tenho visto verdadeiras aberrações praticadas por ela, e evidentemente dá para perceber a ausência de Deus na vida dos jovens e olha que nisso inclui crianças que, sendo católicas, foram batizadas; sendo evangélicas foram apresentadas em templos, portanto, possuem as “bênçãos” de suas religiões. Possuíram e ainda possuem seus mestres que os dissimulam, no entanto nada disto tem sido marca importante de nosso MESTRE em suas vidas.

 

A delinquência está chegando a níveis terríveis. Nossas CRIANÇAS têm em suas mãos o mundo via INTERNET e recebem mensagens de todo o planeta e através dele aprendem uma série de barbárie que nem seus pais imaginam existir e a falta de comunhão FILHO e PAIS está cada vez pior, mais deteriorado e daí crianças com armas em punho assaltam, vão as escolas e cometem crimes contra professores e alunos... Lares estão sendo destruídos, pois a droga tem seu ponto alto na vida destas nossas CRIANÇAS. Os pais, que um dia foram CRIANÇAS, nada sabem de sua grande responsabilidade em não impedir que os pequeninos venham ao MESTRE. O MESTRE não é reconhecido nestes “lares”. Ficam assim, a deriva, buscando as religiões para resolverem seus problemas financeiros, morais e sociais e isto não é assunto religioso que só se preocupa em templos cheios, grandes com suas danças, cânticos e histerias que nada resolvem quando o problema é no interior do SER HUMANO.

 

Precisamos antes de chegarmos às CRIANÇAS, chegar aos seus responsáveis e torná-los mais importantes que os lazeres, que a tecnologia de hoje. Levar a estas CRIANÇAS o PESO e as MEDIDAS que somente o MESTRE conhece. Precisamos matricular os pais na ESCOLA DO MESTRE e desta maneira nossas CRIANÇAS entenderão muito bem de DISCÍPULOS que os tentam impedir de conhecer as verdades do MESTRE JESUS que trará para suas vidas as tais BÊNÇÃOS que já lhes foram dadas antes da fundação do mundo.

 

Israel Sarlo

www.facebook.com/caminhoeavida