29. dez, 2015

ESCOLA DO MESTRE - Aula 104

“... NÃO AS IMPEÇAM...”

 

“Alguns traziam crianças a Jesus para que ele tocasse nelas, mas os discípulos os repreendiam. Quando Jesus viu isso, ficou indignado e lhes disse: ‘Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas’”. (Marcos 10:13-14)

 

Esta lição de hoje tem muito a nos ensinar, mas antes levo vocês a outro texto também de profunda importância e de grande controvérsia. Mateus 24: 10-14, este texto fala do que chama do SERMÃO PROFÉTICO. O princípio das dores. O MESTRE nos chama a atenção dizendo: “Neste tempo, muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se aborrecerão. E surgirão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, será salvo. E este EVANGELHO do REINO será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim”.

 

No texto de Marcos, o MESTRE refere-se ao impedimento e o mais curioso que esta fala foi dirigida não aos ignorantes do Reino, mas aos discípulos. Eram eles, os discípulos, que estavam impedindo a aproximação das crianças ao MESTRE. Já no texto de Mateus o MESTRE, profeticamente, nos chama a atenção de outros vetores que não impediriam ou nos esfriariam racionalmente, enquanto outros valores emocionais nos encantariam. O que o MESTRE nos ensina é tão sério que ele leva a humanidade à instância da demência, pois sem amor o mundo é comparado como uma embalagem sem nenhum conteúdo.

 

O MESTRE fala de iniqüidade, fala da multiplicação da mesma corroendo a base de tudo, O AMOR. Não estes amores e suas múltiplas formas humanas, seja o amor que sexual, o amor filantrópico, mas fala do AMOR ÁGAPE, o único AMOR que transcende a imaginação humana nos fazendo acessíveis, generosos, desarmados, doadores ou suporte para o entendimento, nos colocando no lugar do outro (EMPATIA).

 

O que o MESTRE nos ensina é estarrecedor. Ele ressalta as muitas formas de crer, de ocupar nossas mentes, afinal ela é um papel em branco com a possibilidade de ser escrita por muitos. Com a possibilidade de se armazenar nela qualquer cultura e todas as verdades destituídas deste mundo que jaz em pecado (erros), afinal a fé não vem pelo ouvir?

 

Existe no mundo o que chamamos das MENTES QUE FORMAM O MUNDO. Imagine o que está nas mentes dos tibetanos, dos indianos, dos mulçumanos, dos que praticam o judaísmo, das tribos indígenas do grande continente africano... Imagine você a cortina de retalhos em que o Brasil foi formado segundo as MENTES que aqui vieram desde a descoberta, colonização, separação da Europa até hoje? Imagine as influências religiosas, sociais, morais e financeiras que nossa pátria passou e ainda passa? Imagina como está a MENTE de nossos jovens, de nossas crianças criadas por pais que ainda não sabem o que é uma FONTE VIVA CRIADA EM SUA VIDA, precisando estar de cisterna em cisterna buscando razões para viver, buscando respostas que o mundo não tem, afinal elas estão dentro de cada um de nós, em nossas consciências. Somos imagem e semelhança de Deus, portanto precisamos ter a MENTE dEle e nunca a mente ou as mentes algemadas de quem quer que seja.

 

Estas MUITAS MENTES que influenciam outras são exatamente as que nos impedem de nos aproximar de nosso MESTRE e por quê? Elas se organizaram de tal forma que não nos sobra tempo para a simplicidade do EVANGELHO. Torceram a verdade em mentiras. Hoje existe uma competição desumana e Paulo chama isto em OPERAÇÃO do ERRO. Desenvolvemos a idéia de que precisamos estar sempre ligados às novas descobertas e comprá-las; de que precisamos trabalhar muito, juntar salário de marido com o da esposa, pois os filhos não podem ficar aquém as crias dos outros pais... É claro que a tecnologia nos ajuda muito, mas ela não nos pode algemar, nem nos fazer de servos e nem para nos separar do AMOR ÁGAPE que tornará o amor familiar uma FONTE DE ÁGUA VIVA.

 

Estamos sendo impedidos, estamos encantados com todas as descobertas que as MENTES HUMANAS nos vêm trazendo todos os dias. Estamos enfeitiçados, nos tornamos idólatras e, consequentemente, somos levados às inimizades, porfias, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes (Gálatas 5:19-21).

 

Quem somos? Se terminamos qualquer faculdade trazemos de lá idéias já pré-concebidas e em cima destas criamos nosso mundo, nas experiências dos outros. Lemos livros, assistimos filmes, novelas e outras ideologias tiradas de culturas distantes e apenas com fundo emocional razoável que, como qualquer droga, nos satisfaz momentaneamente. Uns dos alunos do MESTRE chamado Paulo, fala do judaísmo, religião forte, milenar, com uma saga fantástica, mas de conteúdo deturpado: “Eis que tu, que tens por sobrenome judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; e sabes a sua vontade, e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído por lei; e confias que és guia dos cegos, luz dos que estão em trevas, instruidor dos néscios, mestre de crianças, que tens a forma da ciência e da verdade na lei; tu, pois, que ensinas a outros, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas. Tu, que dizes que não se deve adulterar, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, cometes sacrilégio? Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei?” (Romanos 2:17-23).

 

O EVANGELHO ou as BOAS NOVAS ou ainda, A ESCOLA DO MESTRE veio exatamente nos ensinar que O CAMINHO só será seguido com a FORMA destas BOAS NOVAS. Não existem outras verdades, existe sim A VERDADE, pois se verdadeiramente o FILHO vos libertou, verdadeiramente sereis LIVRES. Portanto, que venha a ciência a nos ajudar, tornar nossas vidas mais rápidas para usarmos o tempo livre que a tecnologia nos dá para cuidar dos nossos semelhantes, para cultivarmos O AMOR ÁGAPE que só aprenderemos no exercício diário do EVANGELHO.

 

Paulo sobre este assunto da ESCOLA DO MESTRE, fala aos irmãos em Coríntios 8:1 que: “... A CIÊNCIA incha, mas o AMOR edifica”. Se você tem um alfinete em sua casa, todas as vezes que se sentir inchada pela ciência, vamos lá, “fure” esta bola e deixe o AMOR lhe edificar. Dê uma olhadinha em sua vida e descubra o que lhe está impedindo de se aproximar do MESTRE para melhorar seu relacionamento com filhos, marido, esposa, trabalho... Se aproxime do MESTRE, pois Ele tem interesse que você cresça e edifique, nunca que seja algemado pelas impossibilidades. Faça uma varredoura em sua mente e descubra o que lá foi escrito ou plantado, descubra qual mente lhe norteia e busque o EVANGELHO e terá a MENTE DE CRISTO.

 

Israel Sarlo

www.ocaminhoeavida.com

www.facebook.com/caminhoeavida